Seis titulares nunca enfrentaram Vasco com a camisa do Flamengo.

21
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

GLOBO
ESPORTE
: O jejum de nove jogos – e quase dois anos – sem vencer o Vasco
incomoda e muito o torcedor rubro-negro. Pode-se dizer, porém, que grande parte
do grupo titular nada tem a ver com isso. Alex Muralha, Réver, Rafael Vaz,
Trauco, Romulo, Diego e Zé Ricardo jamais enfrentaram o Cruz-Maltino defendendo
o Flamengo – o último só o fez na base.

Não
por acaso, quatro dos inseridos no grupo dos que estrearão no Clássico dos
Milhões comungaram do mesmo discurso após a goleada sobre o Madureira por 4 a
0. Diego disse que o retrospecto recente não influenciará e tratou o duelo como
mais um em sua carreira. Especial, segundo ele, é defender o vermelho e o
preto.
– Não
vai influenciar em nada. É sempre um jogo difícil e nós vamos encarar esse jogo
como temos encarado todos até agora. Com muita determinação, confiança no nosso
trabalho. Confiando que podemos vencer. É meu primeiro Flamengo e Vasco. Joguei
alguns clássicos pelo Flamengo e contra o Vasco será mais um. Com certeza um
jogo muito bom de participar. É um grande prazer vestir a camisa do Flamengo em
um jogo como esse – afirmou.
Réver fala em 50% para cada lado
Capitão
rubro-negro, Réver repetiu Diego e viu no jogo do próximo sábado como uma
chance de dar fim à seca no Clássico dos Milhões.
-Temos
um clássico pela frente, onde temos 50% do Flamengo e 50% do Vasco. Não é pelo
fato de ter classificado em primeiro que podemos achar que é fácil. Pelo
contrário. Clássico é sempre muito difícil. E quanto aos clássicos anteriores,
isso não vai entrar em campo. Têm muitos jogadores que chegaram esse ano, sou
um deles. Temos que escrever novas histórias, novos capítulos. E temos um
clássico pela frente para que possamos mudar essa história – disse o 15.
História
nova, aliás, foi termo utilizado por Zé Ricardo após o confronto:

História nova. O que passou, passou. Temos que focar na partida e na melhora da
nossa performance degrau a degrau, logicamente respeitando muito a equipe do
Vasco.
Página virada para Vaz
Um dos
dois do sexteto com passado cruz-maltino, Rafael Vaz também pregou a busca pela
construção de um novo panorama no clássico e, assim como Diego, disse que
especial no duelo será a oportunidade de vestir a camisa do Flamengo mais uma
vez.
– Para
mim significa muita coisa porque estou vestindo a camisa do Flamengo e estou
feliz aqui. Tenho a certeza que vai ser mais um jogo, se deus quiser, vestindo
a camisa do Flamengo. Mais um clássico. E espero chegar lá preparado e poder
ajudar o Flamengo a sair com a classificação da final. O Flamengo está vivendo
um momento especial, um momento único, começamos o ano muito bem. E tenho
certeza como, não só nós que não vivemos esse jogo, mas a grande maioria sabe
da responsabilidade que tem essa partida. Estamos muito tranquilos. Virou a
página, é 2017, tudo novo e é assim que vai ser.
Sem vitórias contra o Vasco, Guerrero tira
onda
Guerrero
é um dos três titulares que jamais venceu o Vasco. Além dele, Willian Arão e
Mancuello também ainda não sentiram tal sabor. Mas, terminado os 4 a 0 sobre o
Madureira, o peruano provocou o arquirrival, afirmando que o Flamengo é sempre
favorito diante do Cruz-Maltino.

Flamengo vai ser favorito onde seja. Com empate ou não, Flamengo vai ser sempre
favorito num jogo contra o Vasco.
Via
conta oficial no Twitter, o Vasco respondeu ao camisa 9 do Flamengo postando o
histórico do centroavante no Clássico dos Milhões.

COMENTÁRIOS: