Strauch descarta Flamengo x San Lorenzo no Mané Garrincha.

32
Torcida do Flamengo no Estádio Mané Garrincha – Foto: Vágner Rondon

EXTRA
GLOBO
: A notícia de que o Flamengo ainda não garantiu que fará a estreia na
Libertadores no Rio, dia oito de março, contra o San Lorenzo, levou os
torcedores do clube a criarem um movimento nas redes sociais que levou a
expressão #LibertadoresnoRio ao ranking das mais comentadas no Brasil nesta
quarta-feira.

A
utilização da Arena da Ilha, em obras, ainda não foi confirmada pelos
dirigentes. O vice de patrimônio Alexandre Wrobel confirmou que o local da
estreia ainda não está definido.
Dentre
as opções, Brasília surgiu como favorita da comissão técnica e por ser mais
rentável, em meio a proibição da venda de mando de campo no Campeonato
Brasileiro. Mas outro dirigente do Flamengo, o vice-presidente Rafael Strauch,
chegou a descartar o Mané Garrincha pela manhã alegando que o regulamento não
permitia.
“Com
todo o respeito ao povo da capital. Mas não tem NADA de BSB p/ estreia de
Libertadores. De novo LEIAM o RGC antes de afirmar as coisas”, postou
Strauch no Twitter.

Foto: Screenshot / Twitter
No
texto da Conmebol, fica claro que os clubes que queiram transferir as partidas
para cidades a mais de 100 km de distância de suas sedes precisam da aprovação
do clube rival e da Conmebol com dez dias de antecipação. No caso de Flamengo x
San Lorenzo, esse prazo se esgota na próxima segunda-feira.

COMENTÁRIOS: