Zé Ricardo, técnico do Flamengo, curte segundo dia de carnaval.

44
Foto: Thales Soares

GLOBO
ESPORTE
: Ronaldinho Gaúcho foi a grande atração ligada ao futebol no primeiro
dia de desfiles do grupo especial do carnaval carioca. Da noite de domingo à
madrugada de segunda-feira, o craque, com passagens por gigantes europeus e
brasileiros, roubou a atenção no Camarote do Junior, no Sambódromo da Marquês
de Sapucaí. Além de curtir com o ex-jogador do Flamengo, confraternizou com os
treinadores Abel Braga e Joel Santana. Jogadores do Rubro-Negro e do Botafogo
também marcaram presença na folia. Quem também apareceu na Sapucaí foi o
técnico flamenguista Zé Ricardo.

Não
foi a primeira ida de R10 à Sapucaí em 2017. Na noite anterior, o jogador havia
acompanhado desfiles do grupo de acesso. Ele foi solícito com todos. Conversou,
posou a fotos. E relembrou histórias, como as contadas por Abelão.
– Ele
teve duas atitudes comigo que me marcaram. A primeira, no Mundial (em 2006, no
confronto Barcelona x Internacional). Teve a humildade de me parabenizar pela
vitória, ter me dito que foi merecido e que a gente não deu porrada. Depois,
fez um jogo beneficente com o Messi, na Argentina. Eu nunca havia trabalhado
com ele. E ele me convidou para ser técnico da equipe. Eu fui e foi fantástico.
Ele me falou uma coisa, que me emociona: ele lamenta não ter sido treinado por
mim – relembrou o comandante do Fluminense.

Outras
figuras do mundo da bola estavam no camarote. Tais como Roberto Dinamite,
ex-jogador e ex-presidente do Vasco. E Roberto Assis, irmão e empresário de
Ronaldinho – ele, aliás, tirou uma foto de Ronaldinho com Abelão, pedida pelo
jogador. Pará e Everton, do Flamengo, estavam no camarote ao lado. O treinador
Jair Ventura e o volante Dudu Cearense, do Botafogo, circularam em área
próxima. Nenhum, claro, se destacou mais do que R10.
– Ele
é adorado, é muito humilde. De vez em quando, não dá a impressão. Esses caras
que jogaram muito não sabem o que representam para a sociedade, para o país.
Quando saio com o Zico para jantar, ele não consegue comer: é foto, é
autógrafo. E ele numa boa. Dá a impressão de que não sabe o que representa. Me
tornei muito amigo do Junior em 2004. Hoje a amizade é de família. Hoje é
folga, é carnaval – acrescentou Abelão.
O
clima era de descontração. Ao deixar o local, Joel Santana foi alvo de uma
brincadeira de Abel. O comandante tricolor lembrou que o Boavista, equipe do
colega de profissão, será o seu primeiro adversário na Taça Rio, em 12 de
março:

Nosso primeiro jogo é com vocês. Se empatarmos, está bom.
Outros boleiros na Sapucaí

Foto: Thales Soares

Em
outros camarotes, boleiros também aproveitaram o dia de folga para curtir o
carnaval. A maior representação foi do Flamengo. Alex Muralha, Pará, Juan,
Mancuello, Everton e Felipe Vizeu foram à Sapucaí. O técnico do time, Zé Ricardo,
também apareceu na Sapucaí para curtir a folia carioca. Do Botafogo, além de
Dudu Cearense e Jair Ventura, Montillo marcou presença.

COMENTÁRIOS: