Aldo perde amistoso e diz que acionará advogado do Fluminense.

10
Foto: Mauro Neto/Sejel

GLOBO
ESPORTE
: O lutador do UFC José Aldo participou neste sábado do jogo beneficente
que leva o seu nome, em Manaus. Seu time, o “Amigos do José Aldo”,
perdeu para o “Amigos do Ronnys Torres” por 6 a 5, mas o campeão
linear dos Penas não perdeu o bom humor. Flamenguista mais que assumido, ele
aproveitou a deixa para o provocar o rival do clássico deste domingo, pela
final da Taça Guanabara.

Aos 40
minutos do segundo tempo, as luzes da Arena da Amazônia se apagaram, e o jogo
foi encerrado antes do que todos estavam esperando. Aldo brincou com o episódio
e “convocou” o advogado do Fluminense para reparar a
“injustiça”.
– Já
vamos acionar o advogado do Fluminense para reverter isso aí porque o jogo não
terminou, ainda tinha muito jogo pela frente e a luz apagou – brincou.
Ronnys
Torres, ex-UFC e que também é Flamenguista, revelou que Aldo será cobrado no
Whatsapp com a boa e velha zoeira após a derrota em campo.
– Com
certeza vai ter uma zoeira. Vou chegar no grupo lá e dizer “pô Aldo, você
veio com um time cheio de craques, mas quem saiu com a vitória foi o time do
Ronnys Torres” – rebateu.
Ronnys
afirma que não houve aposta entre os dois lutadores, e que o principal foco era
a arrecadação de alimentos para vítimas da cheia dos rios no Amazonas. Mais de
43 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadados na partida.
– Não
teve aposta. A conversa que tivemos desde que soubemos que seria esse jogo era
fazer uma festa e tentar arrecadar o máximo de alimentos. Isso foi uma vitória
não só pra mim, mas pra ele também. O gol de placa de verdade foi do povo amazonense
– disse.
Feliz
com a meta alcançada, Aldo classificou o evento como “histórico” e
agradeceu pela presença do público.
– Foi
mais um evento histórico. Eu rodo o Brasil jogando essas partidas de fim de ano
e não chega nem perto dessas 43 toneladas de alimento que arrecadamos. O povo
amazonense está de parabéns e o objetivo do jogo é ajudar o próximo – concluiu.

COMENTÁRIOS: