Amistoso entre Aldo e Ronys leva 35 mil pessoas à Arena AM.

15

GLOBO
ESPORTE
: Neste sábado, à Arena da Amazônia recebeu a terceira edição do
amistoso beneficente que José Aldo realizada no início de cada temporada. Dessa
vez, a partida foi  Amigos do José Aldo x
Amigos do Ronys Torres (também lutador de MMA e amazonense) e arrastou 35 mil
pessoas que, no fim da partida, após os refletores apagarem, invadiram o
gramado para tietar os participantes. 

A
invasão, claro, na partida que terminou 6 a 5 para o time de Ronys Torres,
ocorreu porque o campo estava repleto de estrelas e ex-jogadores, como Bebeto,
Denilson, Marcos Assunção, Júnior Baiano, entre outros. De acordo com a
administração do estádio, as luzes foram apagadas propositalmente para que o
público pudesse dar um show com seus celulares.
Famoso
pelos dribles, Denilson foi um show à parte no jogo. Mas não apenas pela ginga,
mas também pelo carisma e gols marcados. O ex-jogador marcou três vezes na
Arena da Amazônia e levou o público ao delírio. Outro que também foi destaque é
o tetracampeão Bebeto. Em sua terceira participação no amistoso, mais uma vez  mostrou que está em forma e jogou os 90
minutos, marcou o dele e ainda fez a comemoração famosa da Copa de 1994,
carregando o bebê nos braços.
Doação de alimentos
Como o
ingresso para a partida valida 1kg de alimento não perecível, o duelo deste
sábado arrecadou 43,3 toneladas. Todo o alimento será doado para ribeirinhos do
interior do Amazonas que estão em dificuldade por conta do período da seca dos
rios.
O jogo
A
partida começou com o time de José Aldo melhor. Logo no inicio do jogo, Bebeto
marcou o dele. Mas não demorou e a equipe de Ronys Torres deu o troco e virou.
Primeiro com Marcelo Bimbi e depois com o próprio Torres, de pênalti. A reação
da equipe do campeão do UFC vei com Denilson, que empatou a partida. Mas, perto
do fim, Fabiano fez mais um para o time adversário e encerrou a primeira etapa
em 3 a 2.
No
início do segundo tempo, o time de Torres voltou fulminante e marcou dois gols
na sequência. Primeiro com Fabiano (o segundo dele no jogo) e depois com Jean,
antes dos 10 minutos, e abriu 5 a 2. A equipe de Aldo reagiu com Denilson, que
com assistência de Bebeto marcou o segundo dele e o terceiro da equipe. Na
sequência, Aldo cobrou pênalti e diminuiu para 5 a 4. E aos, Denilson novamente
apareceu e marcou o gol do empate. Porém, já aos 41, Ediglê marcou o gol da
vitória da equipe de Torres. Placar final: 6 a 5.

COMENTÁRIOS: