Atlético-MG e Botafogo são os reis dos vexames em Copa do Brasil.

26
Foto: Dhavid Normando / Futura Press

FOX
SPORTS
: Não teve zebras na última quarta-feira (2 de março) nos jogos da
segunda fase da Copa do Brasil de 2017. O São Paulo de Rogério Ceni tomou
alguns sustos com a sua defesa ainda não ajustada, mas bateu o PSTC por quatro
a dois com hat-trick de Cícero. Com o Corinthians, foi no sufoco, mas, nos
pênaltis, ele conseguiu manter seu posto na Copa do Brasil de único time que
estava na primeira divisão e que nunca eliminado por uma equipe da série B do
Campeonato Brasileiro.

No
entanto, esse feito é raro na competição. Levando em conta todos os jogos em
que os times grandes estavam na elite do futebol brasileiro, os números de
equipes pequenas expulsando os grandes da competição são altos.
Nenhum
grande ser eliminado por times fora da série A é raro. Aconteceu apenas sete
vezes, a última em 2015. O Galo domina o ranking de zebras na Copa do Brasil,
com 9 eliminações. São Paulo vai bem com apenas dois casos, enquanto o
Corinthians segue com nenhum. Entre os menores, o Criciúma é o maior
‘carrasco’, já tendo eliminado quatro clubes grandes: Atlético-MG,
Internacional, São Paulo e Grêmio.
Confira
a lista completa:
Atlético-MG (10):
1991 –
Criciúma (B); 1992 – Criciúma (B); 1999 – Bahia (B); 2002 – Brasiliense (C);
2003 – Sport (B); 2004 – Santo André (B); 2005 – Ceará (B); 2011 – Prudente
(B); 2012 – Goiás (B);
Botafogo (8):
1991 –
Coritiba (B); 2001 – Remo (B); 2004 – Gama (B); 2005 – Paulista (B); 2006 –
Ipatinga (B); 2009 – Americano (SD); 2010 – Santa Cruz (D); 2012 – Vitória (B)
Internacional (7):
1990 –
Criciúma (B); 1993 – Londrina (SD); 1994 – Ceará (B); 2001 – Fortaleza (B);
2003 – Remo (B); 2005 – Paulista (B); 2014 – Ceará (B)
Vasco (7):
1991 –
Remo (B); 1992 – CSA (B); 1999 – Goiás (B); 2004 – 15 de Novembro (SD); 2005 –
Baraúnas (C); 2007 – Gama (B); 2014 – ABC (B)
Fluminense (6):
1994 –
Linhares (SD); 1997 – Ceará (B); 2002 – Brasiliense (C); 2003 – Sport (B); 2005
– Paulista (B); 2014 – América-RN (B)
Cruzeiro (4):
1997 –
Santa Cruz (B); 2005 – Paulista (B), 2007 – Brasiliense (B), 2012 – Atlético-PR
(B)
Palmeiras (4):
1994 –
Ceará (B); 2002 – ASA (B); 2004 – Santo André (B); 2007 – Ipatinga (B)
Santos (3):
1999 –
Goiás (B); 2006 – Ipatinga (C); 2009 – CSA (D)
Flamengo (3):
2004 –
Santo André (B); 2005 – Ceará (B); 2016 – Fortaleza (C)
Grêmio (3):
1991 –
Criciúma (B); 2006 – 15 de Novembro (SD); 2008 – Atlético-GO (B)
São Paulo (2):
1990 –
Criciúma (B); 2014 – Bragantino (B)

COMENTÁRIOS: