Atlético-PR reclama, mas recebe o triplo do Flamengo por torcedor.

18
Atlético-PR é mesmo uma vítima da Globo?

ESPN: Em
clássico adiado, Atlético-PR e Coritiba, enfim, devem rolar a bola em jogo que
promete entrar para a história nesta quarta-feira, às 20h (de Brasília), na
Arena da Baixada, como o primeiro de alto escalão no futebol brasileiro a ser
transmitido através de seus canais no Youtube e também no Facebook.

Em
conflito com a federação paranaense, o Atletiba acabou não acontecendo no
último dia 19 de fevereiro.
Logo
em seguida, em congresso técnico dos clubes da Série A realizado na sede da
CBF, no Rio de Janeiro, acabou sendo decidido pela proibição da grama sintética
da casa do rubro-negro paranaense a partir de 2018. A proposta foi feita pelo
Vasco e aprovada por outros 14 times em virtude de um suposto benefício
técnico. A possibilidade foi rechaçada pelos representantes atleticanos.
Em
entrevista ao Bate Bola Bom Dia, da ESPN Brasil, o presidente do Conselho
Deliberativo, Mario Celso Petraglia, disse que houve ‘boicote’.
“A
divisão de cotas do Brasil é de uma injustiça calamitosa, estamos vivendo essa
desigualdade”, afirmou o dirigente.
“Houve
agora um boicote a nós, só para comparar, sobre a grama aritificial, dizendo
que há um benefício de perfomance, técnico. O benegício que existe é pagar 20
vezes a mais a Flamengo e Corinthians do que que Coritiba e Atlético-pr. Cada
partida deles vale R$ 3,200 mil reais por jogo e a gente, R$ 150 mil e 160 mil
por partida. Isso, sim, é desigualdade de performance. Porque nós sabemos que
performance está diretamente ligado a fluxo de caixa para você ter dinheiro p
contratar melhores atletas e profissionais”, completou.
Petraglia
descartou, no entanto, que a controvérsia envolvendo a transmissão gratuita do
Atletiba na internet tenha como pano de fundo a briga entre Globo e Esporte
Interativo.
Além
de não assinar contrato com a emissora carioca a partir de 2019 na TV fechada
do Brasileiro, o Atlético-PR recusou também oferta de três anos no estadual e
contou com profissionais da concorrente no clássico.

COMENTÁRIOS: