Campo e Bola.

12
Arte: Divulgação

FLAMENGO
RJ
: Finalmente o Fla x Flu, depois de intermináveis trativas teremos a decisão
da Taça Guanabara no Engenhão com torcida mista. Ganhou o bom senso, ganhou o
futebol. Problemas de segurança cabe a polícia resolver, prender baderneiros e
valentões. O grande derrotado foi o bizarro presidente do Botafogo Carlos
Eduardo Pereira, que conseguiu levar lição de moral da dupla infernal Eurico
Miranda e Rubens Lopes, na situação em voga, com carradas de razão para os dois
ícones da imoralidade.

Campo
e bola ficaram em segundo plano, torcedor, mídia e afins só trataram do
imbróglio e esqueceram do principal que é o jogo em si. O Flamengo deverá ir
com sua força máxima, mesmo no aguardo do principal jogo da temporada até o
momento, que será a nossa estreia na Libertadores contra os argentinos do San
Lourenço. Um empate no Fla x Flu será decidido nos penais, apesar da melhor campanha
do rubro-negro ao longo da Taça GB, coisas bizarras de um regulamento burro.
A
decisão será mais simbólica do que importante para a definição do campeonato
estadual, mesmo que um clube ganhe os dois turnos, haverá um turno final,
tirando em muito a importância dos jogos na Tça GB e da Taça Rio. Uma
verdadeira apologia a burrice e um tiro no coração do profissionalismo. Vivemos
a era de fracassos de público e consequentemente de renda. Muralha, Pará,
Rever, Rafael Vaz e Trauco, Rômulo ou M. Araújo, no globo.com deu Márcio, W. Arão
e Diego, Mancuello, Guerrero e Everton, será o nosso onze para o jogo decisivo
da Taça GB no Estádio Nilton Santos, como gosta o bizarro presidente alvinegro
Cadu Pereira, pois Engenhão é pra quem quer diminuir o seu apequenado clube.
Cremos
num ligeiro favoritismo do Flamengo, temos mais time, estamos mais ajustados,
mais regulares neste início de temporada, mas o jogo é jogado e clássico nem
sempre o time em melhores condições vence o jogo.
Será
fundamental uma boa segurança no estádio e adjacências, qualquer rusga e violência
será motivo para a volta do fantasma da torcida única. Um grande contingente de
policiais estará aposto para qualquer problema, um bom comportamento de nossa
torcida também no interior do estádio será muito importante, qualquer dano o
Flamengo terá que ressarcir o time de Gal Severiano, esperamos paz e uma boa
vitória rubro-negra.
Jorge
Agora
surgiu a notícia que o Vasco estará reivindicando uma “farpela” dos
direitos federativos do lateral Jorge, vendido do Flamengo para o Mônaco da
França. Não sabíamos, que o Jorge até os 12 anos andou dando seus primeiros
passos na carreira lá em São Janu. Esperamos também que o jurídico do Flamengo
fique atento, com o nefasto Eurico por perto, todo cuidado será pouco, também
esperamos que não tirem esta “farpela” do dinheiro que coube ao
Flamengo. E num futuro como ficará, se o Jorge for vendido por uma fábula, o
Flamengo não terá direitos como formador do jogador e sim o Vasco? SRN
Fernando
Lemos

COMENTÁRIOS: