Capitão do Flamengo evita críticas ao árbitro: “Não é meu perfil.”

47
Zagueiro Réver, capitão do Flamengo, contra o Vasco – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: O
Flamengo ainda lamenta o empate polêmico com o Vasco, neste domingo, em
Brasília, pela Taça Rio. Após sair atrás no placar, os rubro-negros conseguiram
a virada, mas sofreram o empate em pênalti mal assinalado pelo árbitro Luiz
Antonio Silva Santos. O zagueiro Réver destacou que nunca esteve em uma partida
tão controversa.

“É
triste para o futebol. Não só para o Campeonato Carioca. É a primeira vez que
jogo uma partida tão conturbada. É complicado e difícil vir até vocês falar de
árbitro. Não é meu perfil. Então, que sirva de lição”, afirmou o defensor.
Mesmo
com o empate, Réver preferiu exaltar a atuação da equipe em Brasília. Para o
zagueiro, o Flamengo mostrou força ao buscar o resultado depois de estar atrás
no marcador no segundo tempo do clássico.
“Temos
que sair de cabeça em pé. Tentamos dar nosso melhor e até certo momento
estávamos conseguindo fazer isso”, declarou.
Réver
saiu do clássico ao sentir um problema físico. A tendência é a de que o
defensor fique fora das duas rodadas restantes da Taça Rio para ser poupado.
Para esta quarta-feira, contra o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, o
técnico Zé Ricardo opte por uma formação totalmente formada por reservas.

COMENTÁRIOS: