Classificação adiantada não tira vontade do Flamengo em clássico.

19
Réver dando coletiva no CT do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE
: O zagueiro Réver lembrou que dos próximos três jogos do Flamengo, dois
são clássicos – contra Vasco e Fluminense. Derrota nesses jogos poderiam gerar
um ambiente de pressão desnecessário no grupo, de acordo com Réver.

– Eu
acho um pouco complicado porque nesses últimos três jogos temos dois clássicos.
Se a gente for com uma equipe pensando que pode ter jogador suspenso e não
vencer o clássico, você gera uma pressão desnecessária. Claro que se for com
força total, a vitória não é certa. Mas é maior. Acho que não há motivo para
poupar ninguém. Somos uma equipe que toma poucos cartões. Mas não podemos tomar
cartões para ficar fora de partidas. Não podemos escolher quando jogar.
Infelizmente o regulamento não é tão favorável – disse o capitão.

Confira
outros trechos da coletiva do Réver
Elenco
Acho
que são jogadores que têm nos ajudado não só nessas partidas fazendo gols. Mas
são jogadores que mostram seu potencial para vestir a camisa do Flamengo, para
brigar por titularidade. Temos um elenco muito forte. Bom para o grupo e para o
treinador, que se sente confiante de poder colocar os jogadores. Isso vem dando
resultado. Espero que essas peças continuem dando fruto que é o melhor para o
Flamengo.
Força total no Carioca
Acho
que time que quer ser campeão não tem momento certo para se dosar. Todo o
elenco e comissão só tem o pensamento de colocar o que tem de melhor para
chegar ao objetivo que é o título. Não tem que se dosar. Futebol proporciona
isso. Temos que ser fortes, ter sabedoria para chegar forte e descansado nas
partidas.
Renovação de contrato
Não
tem nenhuma novidade. É a mesma coisa do contrato. Também não fico me
preocupando com isso. Até porque tem pessoas que cuidam das minhas coisas. E
eles estão tentando resolver isso quanto antes. E quanto menos pensar nisso,
melhor vai ser meu rendimento em prol do Flamengo. Vou dar meu melhor pelo
Flamengo até o último dia, que espero que esteja longe.

COMENTÁRIOS: