Diego lidera novo ‘espírito rubro-negro’ no Flamengo.

11
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: A estabilidade exibida pelo Flamengo no primeiro momento decisivo do ano
é a grande arma para a final contra o Fluminense. O meia Diego, que assumiu a
responsabilidade de ser o nome da decisão, ressaltou o espírito de dedicação
entre os jogadores. Desde o ano passado isso era cobrado diante de uma equipe
em formação que ainda não tinha, na visão da torcida, “a cara” do
Flamengo. Agora tem. E não perde há quatro meses.

— O
desafio é encarar todo jogo com a mesma determinação. Que a gente sinta
realmente, o coração tem que bater mais forte. Assistimos vídeos do que significa
vestir essa camisa e temos levado isso para o campo. Entrar com esse objetivo e
com essa vontade de vencer é fundamental — afirmou o meia, que já tem quatro
gols em seis jogos em 2017.
As
metas do ano, segundo o craque, são o combustível para cada disputa. O grupo
está concentrado e ignora indefinições sobre os locais das finais do Estadual.
Em dia de clássico, sobretudo, a postura é mais séria.

Nossos sonhos e objetivos tem despertado o interesse em disputar cada bola como
se fosse a última — ilustrou Diego, que espera ser o herói no Fla-Flu.
— Espero
que seja mais um momento marcante na minha carreira. Que eu possa ser decisivo,
com gol, passe, ou dedicação — completou, exaltando o grupo todo como pilar de
um trabalho sólido.
Força
máxima independente de torcida única
Mais
uma semana de indefinições não foi capaz de alterar o trabalho do técnico Zé
Ricardo no preparo do time do Flamengo que encara o Fluminense na final. O
treinador vai mandar o que tem de melhor a campo, apesar dos protestos em razão
da chance de torcida única. O time deve ser o mesmo que encarou o Vasco, com a
recuperação de Mancuello e Everton após dores musculares.
Segundo
o meia Diego, todos estão prontos para jogar.
— É uma
decisão do treinador, mas nós estamos prontos para jogar quando for necessário.
Temos que viver o momento, a realidade. Estamos preparando para um jogo difícil
contra o Fluminense, independente dos que entrarem, vamos nos dedicar 100%,
porque é um objetivo conquistar esse título.

COMENTÁRIOS: