Estádio do Flamengo na Gávea teria capacidade para até 45 mil.

475
Flamengo cogita construção de Estádio na Gávea – Foto: Divulgação

EXTRA
GLOBO
: Com o Maracanã cada vez mais distante e a arena da Ilha provisória, a
diretoria do Flamengo aumentou os esforços para ter uma “casa” definitiva e de
maior porte nos próximos anos.

O
presidente Eduardo Bandeira de Mello intensificou recentemente as conversas com
o Prefeito do Rio, Marcelo Crivela, para a construção de um estádio na Gávea,
sede do clube. A informação foi publicada pelo “Globoesporte.com” nesta
terça-feira e confirmada pelo “Extra”.
Segundo
o apurado, a diretoria ainda materializa o projeto para colocá-lo em prática. O
limite de barulho nos bairros do entorno são uma questão importante. Uma das
ideias é ter um estádio acústico, fechado, para um público entre 40 e 45 mil
pessoas.
O
Flamengo não trabalha apenas com uma hipótese. No momento, aliás, as conversas
com a Prefeitura de Niterói estão até mais adiantadas por um estádio próprio na
cidade. Mas a preferência é por reviver o estádio José Bastos Padilha como
palco de jogos como no passado. E o desejo não é novo. Ano passado Bandeira já
conversava com os candidatos à Prefeitura.
Outros
terrenos foram oferecidos e a diretoria analisa com calma as possibilidades
antes de colocar o projeto em prática. O desenrolar da situação do Maracanã,
com a saída de um dos parceiros do clube, aumentou a velocidade das tratativas
sobre o assunto. O Flamengo vai atrás de sua casa própria.
Inaugurado
em 1938 e localizado no Leblon, o estádio é desejo antigo e sempre sofreu com
burocracia do poder público e reclamações da Associação de Moradores. Hoje,
duas estações de metrô servem a região e ficam a dez minutos de caminhada do
clube, o que facilitaria o trânsito na região.

COMENTÁRIOS: