Flamengo e Seleção deveriam preparar Vinicius Jr para Copa 2018.

Compartilhe esta notícia
Vinicius Júnior com troféu de artilheiro da Seleção Brasileira – Foto: Divulgação

VIDA
REAL
: Por Maurício Saraiva

Correndo
o risco de ser mal interpretado e chamado de precipitado, no mínimo, estamos
diante de uma promessa de fenômeno. Com 16 anos, prêmio de artilheiro e melhor
jogador do Sul-Americano conquistado pelo Brasil no Chile, Vinícius Jr. parece
estar anos-luz adiante dos demais parceiros da idade, incluindo aí os muitos
excelentes jogadores prometidos nesta safra brasileira. 

Fisicamente, o atacante
do Flamengo já poderia ser confundido com jogadores mais velhos, dado seu
porte. Tecnicamente, tem fundamentos que independem de enfrentar meninos da
mesma idade; é patrimônio dele bater bem na bola, concluir com frieza e dominar
a bola como se tivesse nascido abraçado a uma. Emocionalmente, demonstrou no
torneio uma enorme capacidade de concentração. Oscilou pouco dentro dos jogos
ou de uma partida para outra. Então, Vinícius Jr. tem todos os quesitos prévios
para ser considerado, se não se arrepender, um futuro fenômeno.

Aí é
que entra Tite.
O
ataque da seleção brasileira já tem Gabriel Jesus e Neymar. Douglas Costa,
Philippe Coutinho e William são coadjuvantes de primeira qualidade. É neste
contexto que está surgindo Vinícius Jr. Logo, ele não é imprescindível, em
princípio. O que pode ser feito – e o colunista considera que deve ser feito –
é um projeto com o atacante já para a Copa de 2018. 

Sei que ele sequer foi
testado entre os profissionais do Flamengo e nem foi convocado para a seleção
sub-20 ainda. A amostragem é relativamente pequena, verdade. Porém, se alguém
pode conduzir um processo de amadurecimento precoce do jogador em nome do seu
talento, este alguém é Tite. Colocá-lo a treinar com os profissionais da
seleção, preparar em conjunto com o Flamengo um plano de reforço muscular, treinar
fundamentos específicos, tudo vale ser pensado e cogitado para Vinícius Jr. 

Falta mais de um ano para a Copa, Barcelona e Real Madrid puseram gente a
observá-lo, o garoto já deu entrevista sensata dizendo querer jogar no
profissional do Flamengo. É caso de exceção, e como tal merece ser tratado.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here