Goal monta “Seleção” da história entre Flamengo e Atlético-MG.

20
Foto: Divulgação

GOAL: O
Flamengo é o maior rival, fora de Minas, do Galo. Portanto, nestes 109 anos de
história do alvinegro, montamos um time histórico com o Rubro-Negro do Rio.

1. JÚLIO CÉSAR: Raul
Plassmann, Victor, João Leite… Os dois clubes tiveram grandes goleiros, mas
Júlio César foi o nosso escolhido.
2. NELINHO:
Leandro jogava um absurdo, mas vai nos perdoar. Nelinho também era um monstro e
brilhou no Cruzeiro, na Seleção e no Atlético-MG com sua enorme qualidade e a
curva extraordinária e a força violenta que colocava na bola com seus chutes
sensacionais.
3. DOMINGOS DA GUIA: Os dois
clubes contaram com grandes zagueiros, mas se no gol e na lateral-direita a
polêmica sempre irá existir, na zaga não existem discussões. Domingos da Guia é
um dos maiores zagueiros da história do futebol brasileiro e um craque eterno.
4. LUIZINHO: O
mesmo vale para Luizinho, craque monumental que brilhou no Galo e na mágica
Seleção Brasileira de 1982. Ele era um monstro e incontestável.
5. JÚNIOR: Na
lateral-esquerda, assim como na zaga, não tem discussão. Júnior, outro craque
fantástico, é incontestável.
6. CEREZO: A
“volância” também não tem polêmica. Toninho Cerezo, craque
fantástico, não poderia ficar de fora.
8. ADÍLIO: Assim
como Cerezo, Adílio, outro craque, também é incontestável.
11. ÉDER ALEIXO: Na
esquerda, o ponta Éder Aleixo, outro craque da Seleção de 82 também não poderia
ficar de fora. Andrade, Petkovic, Dida e Paulo Isidoro que nos desculpem, mas
não tem espaço…
10. ZICO: Zico
dispensa apresentações e, obviamente, não ficaria de fora.
7. REINALDO: Zico,
Marcelo Oliveira e tantos outros, o próprio Pelé, dizem que ele foi o jogador
que chegou mais próximo do nível do Rei do Futebol e, se não fossem as lesões,
poderia ter feito até mais. Reinaldo era um gênio extraordinário e, é claro,
não ficaria de fora.
9. ROMÁRIO: O
ataque foi uma tarefa complicada… Ronaldinho, Bebeto, Leônidas da Silva,
Adriano, Evaristo de Macedo, Zizinho… Galo e Fla tiveram grandes e históricos
craques, e escolher apenas dois foi muito difícil. Ao menos, temos a certeza de
que a dupla escolhida é fenomenal e formada por dois dos maiores gênios da
história do futebol brasileiro. Romário, é claro, não ficaria de fora.

COMENTÁRIOS: