Jogadores voltam a sentir decisão pelo Flamengo. Guerrero se salva.

14
Foto: André Durão

GLOBO ESPORTE: Guerrero: O melhor do Flamengo no primeiro tempo. Fundamental nos
dois gols. Principalmente no segundo, quando conseguiu ajeitar de peito passe
forte de Rafael Vaz. No segundo tempo, com o Fluminense bem fechado, pouco
conseguiu participar do jogo. Nota: 7,0

Trauco: Deu um bom
cruzamento rasteiro, outro chute com perigo, mas foi o foi o mapa da mina dos
ataques do Fluminense em todo o primeiro tempo. Sofreu com Wellington, chutou
em lance que estava sem cobertura no lance do primeiro gol e deixou espaços
para passes e lançamento às suas costas. Em lance que Muralha errou, recuou a
bola para o goleiro do Fla. Nota: 4,5
Romulo: Errou a primeira
bola do clássico – embora tenha recuperado sem falta em cima de Richarlison.
Mas pareceu inseguro na partida. Não conseguiu dar cobertura a Trauco e se
enrolou num dos lances que o peruano foi envolvido ao dar bola na fogueira. Não
alcançou toque de Diego que permitiu contra-ataque da virada do Fluminense.
Logo no início do segundo tempo, dominou mal bola sozinho e deu chutão para o
alto, devolvendo a bola ao Flu. Nota:
4,0
Confira
todas as notas do Fla:
Muralha [GOL] – 5,5
Pará [LAD] – 6,5
Rafael Vaz [ ZAG] – 5,0
Réver [ZAG] – 6,0
Trauco [LAE] – 4,5
(Felipe Vizeu [ATA] – 5,0)
Romulo [VOL] – 4,0
Willian Arão [VOL] – 5,5
(Berrío [ATA] – 5,5)
Mancuello [ATA] – 5,0
(Gabriel [ATA] – 5,0)
Everton [ATA] – 6,0
Diego [MEI] – 5,5
Guerrero
[ATA] – 7,0

COMENTÁRIOS: