“Minha história no Flamengo está começando”, afirma Diego.

76
Diego dando entrevista na Sala de Imprensa do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

LANCE:
Vivendo grande fase com a camisa do Flamengo, o meia Diego terá no domingo a
oportunidade de conquistar o primeiro título com a camisa do time rubro-negro.
Antes do clássico contra o Fluminense, o camisa 35 relembrou alguns momentos
marcantes do clube e espera repetir o feito em 2017.

– Já
vi gol do Júnior, o gol do Angelim ficou marcado na memória dos torcedores. São
momentos que gostaria de viver aqui. Vamos com trabalho e dedicação para que os
sonhos se tornem realidade. Minha história no Flamengo está começando.
Ainda
sem perder clássicos desde que chegou ao Flamengo, Diego afirma que motivação
tem que ser grande para o jogo contra o Fluminense e grupo tem que sentir o
coração bater mais forte.

Nosso desafio é encarar todo jogo com a mesma determinação. Que a gente sinta,
o coração tem que bater mais forte, com vontade de vencer. Sabemos o que é
vestir essa camisa. Entrar em campo com objetivo e vontade de vencer é
fundamental. O clima acaba mudando um pouco extra campo quando se trata de um
clássico. A determinação do Boavista na estreia foi a mesma contra o Vasco. O
sonho e objetivos desperta a vontade de correr e ir bem nas jogadas. Sabemos
que o que vai fazer a diferença é a nossa determinação, para que dentro de
campo isso faça diferença. Essa é a mentalidade que vamos para a final do
Fluminense – disse o camisa 35.
Diego
destacou também a ligação boa que tem com os torcedores do Flamengo. Os
rubro-negros se identificam muito com o meia e deixam o jogador cada vez mais a
vontade no Rio de Janeiro.
– Tem
sido maravilhoso, superado as expectativas. Sempre deixei claro o sonho em
jogar nesse clube. Tenho procurado ser espontâneo e estou encantado com tudo
que tenho vivido aqui com o apoio dos torcedores. Recepção no aeroporto, a cada
viagem, o que eles fazer pela equipe e por mim. Quero prolongar esse momento.
Na
entrevista, Diego também aproveitou para falar sobre a possibilidade de torcida
única no próximo domingo, no Nilton Santos e exaltou posturas de Flamengo e
Fluminense pelas duas torcidas no estádio.
– Sou
contra definitivamente a esse tipo de decisão. A decisão do Fluminense é bem
bacana, apesar de ser torcida unica deles, eles deixam a vontade de ter torcida
mista e do nosso lado não é diferente. Faz parte do futebol e do espetáculo.
Nossa decisão e nossa vontade é de que seja torcida mista. O espetáculo precisa
das duas torcidas presentes. Existem outras formas para educar os torcedores.

COMENTÁRIOS: