Minhas análises provincianas.

20
Foto: Divulgação

BLOG
URUBU BOLADO
: Por Toninho Bolado

Um dia desses comentei que eu não conseguia acertar nas minhas
análises, pois vou dar alguns exemplos: Eu vivia pegando no pé do Gabriel,
porque não o acho a altura de jogar no Flamengo e não é que de repente, o
Gabriel me faz um jogo de Neymar, driblou, partiu pra cima, deu assistência,
sofreu pênalti, fez um golaço, como o próprio Neymar costuma fazer. Dei a mão à
palmatória e parei de falar mal do Gabriel.

Pensei
bem e falei: Vou parar com esse negócio de falar mal de jogador, vou começar a
falar bem. Aí escolhi o Mancuello para falar bem, porque eu gosto desse
jogador, pelo fato dele ter um toque refinado e bater bem na bola, quesito
importantíssimo, numa cobrança de uma falta de um escanteio, etc..
Até ai
tudo legal o meu preferido entrava, até que jogava bem, recebia elogios do
comentarista Junior – caramba, que moral! Só que o Mancuello, é o tipo do
jogador que parece ser aquele cara boa gente, com aquela cara de meio sofrido,
não deve reclamar de nada, tudo está bom pra ele. E não existe coisa melhor
para um treinador pensar em fazer uma substituição do que um jogador com essa personalidade,
com certeza ele não vai reclamar, pensa o treinador! E eu assistindo ao jogo,
já sei por antecedência qual será o primeiro jogador a ser substituído e se
tiver que fazer outra substituição e caso tenha algum garoto da base jogando,
com certeza ele será o escolhido.
O cara
está jogando bem, elogiado pelos comentaristas e eu penso: Hoje ele não pode
sair, está jogando bem, o time está jogando bem, só falta o gol. Mas o técnico
olha vê aquela cara humilde e não resiste à tentação de tirá-lo e tira. Eu fico
p…, mas não tem jeito, me dá até vontade de torcer contra, mas o problema é
que com a saída dele o time melhora pra caramba e eu penso não vou falar mais
bem de jogador, vou voltar a falar mal.
Novamente
escolho o Marcio Araújo, pelo óbvio, também não o acho à altura de ser titular
do Flamengo. Como eu só assisto os jogos do meu Flamengo, posso dizer que nunca
vi o Rômulo jogar, pois no aqui ele ainda não jogou o que se espera dele, mas
pelo seu histórico, acredito que é apenas por estar fora deforma que ele ainda
não rendeu tudo no Flamengo. Mas voltando ao Marcio Araújo, não é que o cara
fez uma partida de Iniesta. Está sendo elogiado por todo mundo, por todos os
canais de televisão, nos rádios. Os comentaristas esportivos estão o endeusando.
Como o
problema parece estar comigo e todo jogador que eu malho, começa a jogar bem,
vou começar a falar mal do goleiro Muralha, do Rafael Vaz, do Trauco – quem
sabe eles melhoram!  Aliás, o Trauco eu
andei pegando no pé dele e ele já fez um golaço.
Vamos
ver o que dá o jogo de amanhã, o Flamengo não pode perder de jeito nenhum. Fica
muito feio perder de time de segunda divisão.

COMENTÁRIOS: