Multa proposta pelo MP por briga de torcidas revolta Kleber Leite.

16
Polícia Militar monitorando a torcida do Flamengo – Foto: Alexandre Sobral

KLEBER
LEITE
: Amigos do blog, juro que nunca poderia imaginar ouvir uma barbaridade
tão grande, partindo exatamente do órgão que, em tese, existe para ser o
guardião da legalidade.

Ouvi
na CBN entrevista do procurador Rodrigo Terra afirmando que, se os presidentes
de Flamengo e Fluminense assinassem um termo de responsabilidade, com os clubes
pagando três milhões de reais em caso de torcedores serem vitimados por
confronto entre as torcidas organizadas, o Ministério Público retiraria a ação
que, no momento, através de uma medida liminar, impede as duas torcidas no
Fla-Flu de domingo.
Nunca
ouvi tamanha barbaridade. Ora bolas, então quem deveria pagar três milhões às
vítimas das balas perdidas? Quem deveria pagar três milhões às vítimas dos
arrastões? Quem deveria pagar três milhões pelas vítimas nos presídios
brasileiros? E por aí vai…
A
medida liminar impedindo duas torcidas em um clássico já é ridícula na largada.
Mais ou menos como proibir o cidadão de sair de casa, pois pode ele ser vítima
de assalto.
Da
mesma forma que a polícia tem que garantir a integridade do cidadão, a mesma
polícia tem que estar atenta e punir os baderneiros infiltrados nas torcidas
organizadas. É como a história do marido traído que acha a troca do sofá da
sala a solução para a infidelidade da mulher…
Será
que estes gênios responsáveis por esta esdrúxula medida, não entenderam que não
há conflitos dentro dos estádios, e sim fora deles?
Não é
possível que não haja um desembargador com bom senso e equilíbrio para cassar
esta odiosa e irresponsável liminar. Como confio no judiciário, tenho a
absoluta convicção de que não vai demorar.
Vamos
aguardar.

COMENTÁRIOS: