Quem é capaz de segurar a potência de Flamengo e Corinthians?

157
MAZZUIA:
A dupla Flamengo e Corinthians sempre disputam quem tem a maior torcida do
Brasil, consequentemente são os jogos que dão maior audiência para a TV
brasileira, inclusive no exterior.
Cada
vez mais, esses times se destacam por fazer exigências mais altas e valiosas
para transmissão de suas partidas. O Rubro Negro, por exemplo, só fechou acordo
para o Carioca 2017, na “bacia das almas”, desagradando a muitos, até
a própria FFERJ.
Essa
espécie de “monopólio” de Flamengo e Corinthians, preocupa Santos,
Palmeiras, Bahia, Atlético-PR e Coritiba, todos fechados com o Esporte
Interativo para jogos em TV fechada a partir de 2019.
Depois
de encontro realizado no estado de São Paulo, o grupo adotou uma estratégia
para negociar com o sistema Pay per View, tentando atrair mais clubes para esse
bloco: Tratar sempre os interesses conjuntamente, isto é unidos.
Entre
outros pontos dessa interação, os próprios não aceitarão as pesquisas dos
assinantes como critério para dividir as cotas.
Na
visão dos participantes do futebol brasileiro, o problema maior começou quando
Flamengo e Corinthians decidiram sair do Clube dos 13, para negociar os valores
de transmissão televisiva, de forma independente, conseguindo uma renda muito
maior, desequilibrando os demais.
Isso
não é tudo, as demais agremiações, continuarão estudando maiores formas de
lutar contra esta persuasão da dupla em novo encontro, previsto para março na
cidade de Santos. Ambos, juntos controlam 30% do total de rendimento, enquanto
todos os outros “mordem apenas” 70% restantes.

COMENTÁRIOS: