Renda de Brasil x Paraguai irá superar Flamengo x Atlético-PR.

25
Diego, do Flamengo, integra a Seleção Brasileira que jogará na Arena Itaquera – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

MEU
TIMÃO
: O confronto da Seleção Brasileira contra o Paraguai, nesta terça-feira,
pelas Eliminatórias da Copa de 2018, terá a segunda maior renda bruta da
história do futebol brasileiro.

A
reportagem do Meu Timão fez um cálculo com base nos valores dos ingressos
cobrados pela CBF e na capacidade de cada setor da Arena Corinthians. A
projeção é de nada menos do que R$ 12 milhões de bilheteria na noite desta
terça-feira.
Esse
valor será inferior apenas ao registrado na partida Atlético-MG 2 x 0 Olímpia,
válida pela final da Libertadores de 2013, no Mineirão (MG), quando 56.557
pagantes deixaram incríveis R$ 14.176.146,00. Mas a renda da Arena Corinthians
esta noite será superior aos R$ 9.733.785,00 da final da Copa do Brasil daquele
mesmo ano, entre Flamengo e Atlético-PR, no Maracanã.
Esses
R$ 12 milhões da renda bruta de Brasil e Paraguai representam quase quatro
vezes o valor da maior renda arrecadada pelo Corinthians em seus 94 jogos no
estádio: R$ 3.528.236,00, que foi registrada contra o São Paulo, na
Libertadores 2015.
Para
se ter uma ideia, apenas os dois setores mais populares do estádio em Itaquera
renderão algo em torno de R$ 2,3 milhões. O setor Norte, com capacidade para
sete mil lugares, teve ingressos a R$ 200 (R$ 100, meia-entrada). Enquanto o
setor Sul, com capacidade para cerca de 6,5 mil torcedores, teve ingressos a R$
300 (R$ 150, meia-entrada).
Além
da maior renda, a partida também deve registrar o maior público do estádio
corinthiano após a retirada das arquibancadas provisórias da Copa do Mundo de
2014. A última atualização da CBF informou que mais de 44 mil ingressos já
haviam sido vendidos – o recorde de público pós-Copa é de 44.976, na goleada em
6 a 1 do Timão sobre o São Paulo em 2016.
E O CORINTHIANS?
Muitos
torcedores se perguntam o que o Corinthians irá ganhar com esse jogo da Seleção
Brasileira. O fundo que administra a Arena Corinthians não ficará com percentual
dessa renda, e sim, apenas com um valor correspondente ao aluguel para a
Confederação Brasileira de Futebol. O valor acordado é de cerca de R$ 850 mil.

COMENTÁRIOS: