“Sempre tive vontade de jogar no Flamengo”, afirma Marinho.

11
Foto: Giuliano Gomes/PR Press

SPORTV:
Marinho foi um dos jogadores mais cobiçados da última janela de transferências,
chegou a negociar com clubes brasileiros, mas deixou o Vitória para atuar no
Changchun Yatai, da China. Em entrevista ao “Troca de Passes”, o jogador
revelou que seu principal objetivo era jogar pelo Flamengo caso continuasse no
Brasil. O atleta afirmou que a ida ao Rubro-Negro emperrou após a oferta do
clube carioca não agradar ao time baiano.

– Eu
tinha várias propostas, tinha Santos, Botafogo e Flamengo. Se eu fosse sair do
Vitória para ficar em algum time do Brasil, seria o Flamengo. Tinha deixado bem
claro, pelo meu pai também que sempre me pediu isso. Eu sempre tive a vontade
de jogar no Flamengo. Mas acabou o Vitória também não aceitando a forma que o
Fla queria me contratar, cedendo alguns jogadores. O Vitória não queria, queria
pagamento total da multa, e isso acabou emperrando minha ida ao Flamengo.
Feliz
na China, Marinho reconheceu que não é apenas pelo futebol que decidiu atuar no
país asiático. Segundo ele, o lado financeiro da negociação pesou bastante,
apesar de ver o mercado chinês como crescente.
– Eu
sempre tive vontade de sair do país, sempre falei que era um sonho. Não
imaginei que seria a China, mas é uma oportunidade muito grande. O futebol aqui
tem crescido muito, vemos pelos jogadores que têm vindo para cá. Se eu falar
que não é pelo dinheiro, vou estar mentindo. Não vou chegar aqui e falar que é
pelo futebol, porque não é. Claro que também é pelo dinheiro, porque a carreira
do jogador é muito curta, tem que aproveitar isso.
Marinho
se apresentou ao Changchun Yatai em janeiro deste ano. O Vitória, dono de 50%
dos direitos econômicos do jogador, foi remunerado em aproximadamente R$ 8
milhões do total de R$ 17 milhões pagos pela equipe chinesa.

COMENTÁRIOS: