Sormani ignora Palmeiras e lista Clubes campeões mundiais.

50
Meia Diego, do Flamengo, rindo na Seleção Brasileira

FOX
SPORTS
: Comentarista dos canais FOX Sports, Fábio Sormani não tem dúvidas ao
falar sobre um dos assuntos mais polêmicos do futebol: o Mundial de Clubes. O
jornalista descarta a necessidade de qualquer reconhecimento da Fifa para
listar os clubes brasileiros considerados campeões e cita um fator fundamental
para o título: vencer a Libertadores da América.

Segundo
Sormani, as conquistas de Santos (1962 e 1963), Flamengo (1981), São Paulo
(1992 e 1993) e Grêmio (1995) são válidas como mundiais, mesmo não tendo sido
organizadas pela entidade máxima do futebol. 

“Eles são campeões mundiais. Sem
dúvidas que são. A Fifa mais atrapalha do que ajuda o futebol. O esporte
viveria perfeitamente sem ela”.

No
entanto, o comentarista descarta as conquistas de Palmeiras (1951) e
Corinthians (2000) e explica a diferença citando um fator decisivo. “Para ser
campeão mundial, tem que trilhar o ‘caminho de Santiago de Compostela’, ou
seja, você tem que passar pela Libertadores. Dureza é vencer a Libertadores. Se
não ganhar, esquece”, afirma.
Sormani
conclui explicando que antes da existência do torneio Sul-Americano – cuja
primeira edição foi realizada em 1960 e teve como vencedor o Peñarol (URU) -,
não existia título mundial.
“O
campeão do continente é apurado pela Libertadores. Quais foram os critérios que
colocaram o Palmeiras e a Juventus, por exemplo, para participar daquele
campeonato? Não tem critério nenhum. E o Corinthians, jogou a Libertadores?
Não. Se não trilhar, não vale. Mesmo que a Fifa reconheça”, concluiu.

COMENTÁRIOS: