Técnico do Vasco admite pênalti inexistente contra o Flamengo.

17
Milton Mendes, treinador do Vasco – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

VAVEL:
No último domingo (27), Vasco e Flamengo fizeram um clássico recheado de
polêmicas de arbitragem. O maior deles teria sido logo no último minuto do
jogo, quando Nenê dominou a bola e tentou cruzar para a área, a bola bateu na
barriga de Renê e juiz Luís Antônio Silva dos Santos viu mão e marcou um
pênalti inexistente a favor do Vasco.

Milton
Mendes, técnico do Gigante da Colina, conversou com jornalistas após a partida
e assumiu que não houve penalidade no lance. Contudo, frisa que, de acordo com
o calor da partida, todos acharam que aconteceu uma irregularidade por parte do
lateral esquerdo do Flamengo.
“Os
árbitros, como nos todos, são seres humanos, suscetíveis a erros, naquele
momento em relação ao tempo, propriamente dito, todos nós achamos que foi.
Ficou a ideia no estádio inteiro de que tinha sido pênalti. Quando se recorreu
aos vídeos, que ainda não estão em ação no futebol… De onde estava, eu achei
que era. Achei que todas as pessoas do estádio também acharam. Errar é
humano”, frisou Milton.
Outro
lance de pelêmica na partida foi a expulsão de Luís Fabiano. O atacante recebeu
amarelo e não gostou da decisão do árbitro e foi questionar com o mesmo o
peitando. Na sequência, o juiz puxou o segundo amarelo e o expulsou da partida.
Mendes se mostrou irritado com a atitude do árbitro dizendo que foi injusto
“Situação
lamentável. Nosso jogador estava fazendo um bom jogo, nossa estratégia estava
sendo bem feita, infelizmente aconteceram coisas que não estamos acostumados a
ver, inclusive o apagão. Mas são coisas que cada vez menos estão acontecendo,
temos que valorizar o que é positivo”, comentou o treinador.
O
Vasco volta a campo na próxima quinta-feira (30), às 21h30, em São Januário,
para enfrentar o Boavista pelo Campeonato Carioca.

COMENTÁRIOS: