Técnico do Vasco vê Flamengo tranquilo: “É uma final pra nós”.

25
Foto: Divulgação

FUTEBOL
INTERIOR
: O Vasco entrará em campo neste domingo, em Brasília, para encarar um
Flamengo já garantido nas semifinais do Campeonato Carioca. A responsabilidade
da vitória estará do lado cruzmaltino, enquanto o rival deverá entrar em campo
mais relaxado. É essa a aposta do técnico Milton Mendes, que, no entanto,
descarta um confronto fácil para seus comandados.

“É
natural que o Flamengo jogue mais tranquilo, mas não acredito em facilidades. Existe
uma rivalidade grande entre as equipes. Eles têm a forma de jogar e não vão
mudar por que estão classificados. Devem colocar alguns jogadores menos
rodados, mas os que entrarão com certeza trabalharão muito. Estamos encarando o
jogo como o mais importante da nossa vida, pois é o próximo. É uma final para
nós. E é dessa forma que estamos encarando as partidas desde o dia que chegamos
no clube”, disse nesta sexta-feira.
Para
um clássico tão importante, em seu segundo jogo no comando do Vasco, Milton Mendes
seguirá sem contar com nomes importantes, como Luan, Rodrigo, Kelvin, Guilherme
e Wagner. Mas talvez a principal ausência esteja no gol, já que Martín Silva
está com a seleção uruguaia e não atuará no clássico.
“Todos
são importantes. O Martín é o titular, mas o Jordi mostrou personalidade muito
grande e uma performance muito boa no último jogo. Confio bastante nele, como
no Gabriel Felix (terceiro goleiro). Quero dizer que todos são importantes,
desde que estejam comprometidos com a camisa do Vasco. Eles estão mostrando
todos os dias, nos treinamentos, a entrega. Sempre estarão em campo os
melhores, na minha avaliação. Eu confio totalmente nos atletas”, garantiu
Milton Mendes.
Quem
está confirmado para a partida é o atacante Luis Fabiano. Após quatro jogos,
ele ainda busca o primeiro gol pelo Vasco, mas o treinador minimizou o jejum.
“O
que eu espero do Luis é o que espero de todos os jogadores: entrega absoluta.
Eles sabem os seus direitos e deveres. Por ser atacante, recai sobre ele a
obrigação dos gols. Mas espero dele muita determinação.”

COMENTÁRIOS: