Atacante da base do Santos já superou Diego e é alvo do Man Utd.

12
Foto: Divulgação

LANCE:
Não é só por Rodrygo e Lucas Lourenço que o Santos guarda a sete chaves a
categoria sub­-17.

Além
da dupla que está na seleção brasileira, outro jogador é visto como uma das
principais joias.
O
atacante Yuri Alberto, que tem 1,83 m aos 16 anos também está em negociação
para assinar seu primeiro contrato profissional.
Paralelamente
às outras negociações, o Santos terá que se esforçar para profissionalizar o
artilheiro da categoria, que está na mira de Manchester United (ING), Arsenal
(ING) e Roma (ITA).
Junto
de sua evolução física, o atacante teve ascensão dentro de campo em 2016. Yuri
Alberto anotou 51 gols em 32 jogos pelos times de base do Santos (49 gols em 31
jogos pelo sub­-15 e dois gols em um jogo pelo Sub­17).
O
centroavante bateu o recorde da base santista em gols anotados em uma edição de
Paulista, que pertencia ao meia Diego (hoje no Flamengo), autor de 31 tentos no
ano 2000. Ele balançou as redes 36 vezes na competição.
Além
de Rodrygo e Lucas Lourenço, da mesma categoria, o técnico Guilherme Dalla Déa,
da Seleção Brasileira, convocou Yuri Alberto e outros dois santistas: o goleiro
Kaike e o meia Victor Yan.
“Já
é muito difícil ter um atleta convocado, cinco é algo muito positivo.
Perderemos estes cinco titulares para a primeira rodada do Paulista, mas a
participação deles na Seleção é importante para o desenvolvimento e
amadurecimento. Além disso, eles vão representar o clube e, quando voltarem,
passarão o aprendizado para os demais colegas”, disse o técnico do sub-17
do Alvinegro, Luciano Santos.

COMENTÁRIOS: