Flamengo é o primeiro clube a ultrapassar o meio bilhão de receita.

115
Zico rindo ao lado de Eduardo Bandeira, Presidente do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

RODRIGO
MATTOS
: O Flamengo atingiu a marca de R$ 510 milhões em arrecadação em 2016
graças ao pagamento de luvas da TV Globo pela assinatura do novo contrato do
Brasileiro. É o primeiro clube brasileiro que ultrapassa a marca de meio
bilhão, mas o Palmeiras também deve superar esse número quando tiver seu
balanço completo divulgado.

Foi
determinante para o clube rubro-negro chegar a esse patamar o valor de luvas
pagos pela Globo de R$ 120 milhões, como registrado no balanço. Com isso, a
agremiação conseguiu R$ 297 milhões em receitas com direitos de transmissão, o
que significa mais da metade do seu ganho.
Anteriormente,
o Flamengo não registrava as luvas no item receitas. Mas, no caso deste novo
contrato, o valor foi registrado como um prêmio pela assinatura sem
possibilidade de devolução. A diretoria do clube rubro-negro estudou o caso e
entendeu que deveria registrar como renda, prática que está sendo adotada pela
maioria dos times.
As
outras receitas principais foram patrocínio (R$ 66 milhões), bilheteria (R$ 39
milhões), sócio-torcedor (R$ 26 milhões) e clube social (R$ 59 milhões). Para
efeito de comparação, o clube tivera receita de R$ 356 milhões no ano passado,
ou seja, o salto foi significativo, principalmente por conta das luvas.
Com o aumento
da receita, o Flamengo também teve um crescimento dos seus gastos com futebol e
com salários de jogadores. Só em investimento em contratações foram R$ 67
milhões.
O
superávit do Flamengo em 2016 ficou em R$ 153 milhões. Mas isso é para efeito
contábil. Na prática, a sobra de caixa foi de R$ 12,5 milhões.

COMENTÁRIOS: