Flamengo volta a clássico no Maracanã com zaga em xeque.

19
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

ESPORTE
INTERATIVO
: Não só pelo clássico este sábado (8) vai ser de novidades e emoções
fortes para o torcedor do Flamengo. Com a defesa sob dúvidas (e mudanças) e a
necessidade de novidades no ataque, o Rubro-Negro vai para o último jogo antes
de jogar uma rodada decisiva da Copa Libertadores contra o Atlético-PR.

Para
completar, o “teste” será “apenas” a semifinal da Taça Rio, no clássico contra
o Vasco, rival que levou vantagem sobre o Rubro-Negro nos duelos de 2016.
Depois de confirmar que o time de sábado deve ser o mesmo que jogará na
quarta-feira, o técnico Zé Ricardo falou sobre o momento de pressão na Gávea.
Ele se escorou na experiência do elenco para superar a insatisfação de parte da
torcida.
“Estou
completando 15 anos no clube e já passei momentos de pressão. Isso vai dando
uma certa casca. Viver do futebol e no Flamengo é um imenso prazer. Temos bônus
e também ônus. O atleta brasileiro é um pouco calejado quanto a isso. Temos que
ter equilibrio nos momentos de euforia e nos momentos ruins. O elenco está
extremamente unido e damos confiança. Sabemos o que podemos proporcionar e o
que podemos render em campo”, disse o treinador, que fez questão de valorizar a
importância do clássico.
“Nunca
é um teste. Clássico é clássico. A gente precisa entender que todo clássico é
importante, principalmente um Flamengo x Vasco. Queremos chegar à final da Taça
Rio e conquistá-la. Vamos dar o valor máximo a todos os adversários e focar no
próximo jogo. Tomara que a gente possa fazer uma grande partida e presentear a
nossa torcida com uma grande vitória”.
A
semana de treinos apontou para algumas mudanças no time titular: Rodinei na
vaga de Pará, suspenso; Donatti substituindo Rafael Vaz, que deve ser barrado;
e, por último, Mancuello e Gabriel disputando o lugar de Berrío no lado direito
do ataque rubro-negro. Com isso, os titulares ficariam com Alex Muralha;
Rodinei, Donatti, Réver e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego;
Mancuello (Gabriel), Everton e Guerrero.
Para
avançar à final da Taça Rio, o Flamengo precisa vencer o Vasco, que teve melhor
campanha e terá a vantagem do empate. O vencedor encara Botafogo ou Fluminense,
que fazem a segunda semifinal no domingo (9). O Clássico dos Milhões está
marcado para as 18h30 (de Brasília) deste sábado.

COMENTÁRIOS: