Guerrero segue chorão e pipoqueiro contra o Vasco.

49
Zagueiro Rodrigo desarmando Guerrero em Flamengo x Vasco – Foto: Gilvan de Souza

UOL: A
vida de Paolo Guerrero não é nada fácil nos jogos contra o Vasco. Desde que
chegou ao Flamengo, em 2015, o atacante enfrentou o rival em oito oportunidades
e conquistou apenas uma vitória, além de quatro derrotas e três empates. Mais
que isso, o peruano sequer conseguiu balançar as redes do Cruzmaltino. E, neste
sábado, não conseguiu evitar a eliminação rubro-negra no empate por 0 a 0
contra o Vasco, pelas semifinais da Taça Rio, no Maracanã.

E isso
tem tudo a ver com dois personagens que atrapalham e muito a vida do
rubro-negro: Martin Silva e Rodrigo. A dupla tradicionalmente tem bom
desempenho diante do Flamengo e consegue anular Guerrero no clássico. O
zagueiro tem até mesmo um histórico de provocações com o peruano.
“O
Guerrero é um jogador de muita qualidade, tanto que faz a diferença quando joga
pela seleção dele [Peru]. Falei para o Rafael [Marques, companheiro de zaga]
que para marcar ele tem que jogar duro e não dar nenhum espaço. Falam em
superioridade do Flamengo, mas só vejo posse de bola e cruzamento na área. Aí
consagra a nossa defesa, que mais uma vez não levou gol dele [Guerrero]”,
disse Rodrigo.
Quando
conseguiu superar Rodrigo, Guerrero parou nas mãos de Martin Silva. No segundo
tempo, o atacante finalizou da entrada da área para boa defesa do goleiro do
Vasco. A falta de gols foi decisiva para a eliminação do Flamengo no último
sábado.
“Precisamos
melhorar nisso, claro. O Vasco soube se defender, era o interesse dele. Mas
temos que saber fazer a leitura correta e criar situações para fugir da
marcação deles. E quando as oportunidades aparecerem, não podemos desperdiçar.
Estou feliz com o desempenho da equipe”, explicou Zé Ricardo sem
individualizar a análise.
O fato
é que Guerrero segue sofrendo na mão do Vasco desde que chegou ao Flamengo. A
‘pedra no sapato’ do peruano só poderá voltar a cruzar seu caminho na
finalíssima do Campeonato Carioca. Nas semifinais gerais, o Rubro-negro encara
o Botafogo.

COMENTÁRIOS: