Kleber Leite destaca falta de criatividade do Flamengo sem Diego.

11
Crédito: Staff Images/ Flamengo

KLEBER
LEITE
: Qualquer treinador que dirija um time que vá enfrentar o Flamengo, se
direito pudesse ter de um único pedido ao gênio da lâmpada, obviamente seria
para Diego não jogar. Esta contusão no joelho, que o afasta – a princípio – de
quatro a seis semanas dos gramados, pode ter sido um tiro mortal nos nossos
sonhos mais imediatos.

Diego,
tenho aqui comentado, é a nossa estrela solitária, o nosso talento
inquestionável, além de exercer uma liderança natural e, altamente positiva.
Li no
Globo.com uma matéria com o Dr. Márcio Tannure, em que o médico do Flamengo não
arrisca nenhum palpite de quando Conca poderá estrear. E, Conca, em forma,
seria na realidade dentro do nosso elenco, o único substituto à altura para o
nosso camisa 10.
Sem
Diego, a criatividade do time vai a quase zero, pois há uma diferença brutal
entre o talento raro e, o bom jogador. Bons jogadores, temos bastante. Talento
raro, só um.
Que
notícia infeliz…

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here