Kleber Leite revela expectativa de estreia de Conca no Flamengo.

35
Darío Conca em treino no CT do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

KLEBER
LEITE
: . Vamos começar por Conca. As
imagens do talentoso argentino treinando com bola são realmente animadoras e,
não tenho nenhum tipo de dúvida de que, se ao retornar aos gramados jogando 70%
do que jogava, além de acrescentar uma barbaridade ao setor de criação do time,
será o responsável direto para que Diego tenha mais liberdade, pois hoje em
dia, como talento isolado, Diego é vigiado o tempo todo pelos adversários. Se
Conca voltar tinindo, sua simples presença em campo será um alívio para Diego.

. Esta fórmula do Campeonato
Carioca, definitivamente, foi um tremendo gol contra. Não há nada pior para uma
competição do que jogos que não valem absolutamente nada, como por exemplo o
Fla-Flu de domingo agora.
O
Fluminense já é finalista por ter conquistado a Taça Guanabara, e o Flamengo
pelo somatório de pontos. Impensável, diria mesmo ridículo, um clube conquistar
os dois turnos de um campeonato e não ser proclamado campeão, e isto pode
acontecer, caso o tricolor conquiste a Taça Rio que, na realidade, é o segundo
turno do campeonato. Ao invés de levantar a Taça, se isto acontecer, o
Fluminense vai ter que disputar um outro campeonato. Ridículo…
Bom
mesmo era quando o campeonato tinha dois turnos. Campeão do turno, contra o
campeão do returno, saindo o campeão. Se o mesmo clube fosse o vencedor dos
dois turnos, como aconteceu conosco em 96, levava o caneco.
Houve
um caso interessante, se não estou equivocado, quando Octávio Pinto Guimarães
era o presidente da Federação. O regulamento abriu uma brecha para um terceiro
participante, desde que, mesmo não tendo vencido a Taça Guanabara e a Taça Rio,
um clube somasse no campeonato inteiro, um número de pontos maior do que os
dois vencedores de turno. Esta forma abriu uma brecha para o clube mais regular
e, como só poderia entrar por mérito, ninguém contestou. O que fica claro é que
este regulamento precisa ser mudado de maneira imediata. Definitivamente, não
foi uma ideia feliz.
. Não há como, a partir de
agora, separar o Campeonato Carioca da Copa Libertadores. Muito em breve o
treinador Zé Ricardo vai ter que definir sua estratégia, pois no sábado, dia
08, ou no domingo, dia 09, haverá um jogo decisivo e eliminatório pela Taça Rio
e, já no dia 12, quarta-feira seguinte, a partida contra o Atlético Paranaense,
pela Libertadores, em jogo que o Flamengo não pode nem pensar em empatar, pois
ficaria em uma situação muito ruim na tabela.
Para o
jogo de domingo agora, contra o Fluminense, Zé Ricardo afirma que os titulares
que estiverem bem fisicamente irão jogar e, disse ainda não ter se definido no
que vem pela frente. Deve Zé Ricardo jogar a semifinal da Taça Rio com um time
reserva, preservando os titulares para o jogo pela Libertadores?
Acho
que, de cada dez rubro-negros que responderem, onze vão cravar o SIM!!!

COMENTÁRIOS: