Mesmice.

21
Miguel Trauco e Henrique Dourado durante Fluminense x Flamengo – Foto: Nelson Perez

BLOG
URUBU BOLADO
: Toninho Bolado

Segundo
o Aurélio “mesmice” é ausência de variedade ou de progresso – pasmaceira. Esse
é o retrato do Flamengo de hoje, literalmente. Eu poderia encerrar meu texto e
já teria dito tudo sobre o time.
Houve
um momento em que eu passei a ter bastante esperança na equipe do Flamengo, com
a entrada do Rômulo e do Mancuello, eu enxergava lá na frente uma equipe com um
melhor toque de bola, abandonando aquele estilo correria tão admirado pelo
técnico, mas infelizmente eles fracassaram e eu fracassei também nas minhas
esperanças. Veja bem, voltou e está voltando aos poucos tudo aquilo que eu não
quero no meu time, tudo aquilo que não ganhou nada no ano passado a não ser uma
vaga na Taça Libertadores das Américas e que da maneira como está sendo
conduzido, provavelmente não passará da primeira fase. Nem o Carioca, que é um
campeonato de tão pouca importância dificilmente o Flamengo ganhará, pois não
consegue ganhar nem do time reserva do Fluminense, quem dirá do principal.
O
Flamengo achou o empate no apagar das luzes graças a um franguinho do goleiro e
graças também a garra do Arão. O jogador que estava melhor em campo era o
Damião, mas a torcida começou a pedir o Viseu e o Zé atendeu. Quando for assim,
a torcida deveria avisar que não é para entrar no lugar daquele que está
jogando bem, pois o técnico, eu já notei que tem um pouco de dificuldade em
distinguir essas coisas. Para ele é o seguinte: Se o Mancuello não está em
campo, ele escolhe um garoto para sair se não tem um garoto, ele tira aquele
que estiver jogando melhor.
Também
se fosse para ele tirar quem estava jogando mal no jogo de hoje, ele teria que
tirar o goleiro, os laterais, a zaga o meio campo todinho e o Berrio, talvez
ele, só deixaria em campo os dois que ele tirou. Se ele enxergasse bem.
A
torcida adora o Berrio, eu ainda não o vi jogar e parece que ele joga bem mesmo
– mas o problema dele é a bola – às vezes ele corre mais do que ela e eu gosto
de jogador que faz o contrário, ou seja, que faz a bola correr.
A
única esperança agora é a chegada do Conca, mas não precisa pensar que ele vá
jogar bem ao lado de Marcio Araújo, Gabriel, Cirino, etc., ele é um craque, mas
não faz milagre…

COMENTÁRIOS: