Nem o Carioca…!

21
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

BLOG
URUBU BOLADO
: Por Toninho Bolado

Como
se diz na gíria: Deu ruim. Aos onze minutos do segundo tempo o comentarista
disse: O Flamengo voltou muito melhor, agredindo mais a equipe vascaína. E eu
pensei com meus botões: O técnico vai mexer no time e foi justamente o que
aconteceu.
Eu só
queria entender, o porquê do Berrio não entrar jogando desde o início da
partida, se isso acontecesse poderia evitar uma substituição apressada,como tem
acontecido em todas as partidas e em face disso, quebrar toda a estrutura da
equipe.
É
decepcionante ver um time em que o centroavante foi quem fez as melhores
jogadas de meio campo. O Guerreiro fez de tudo, jogadas pelas pontas, tomou
bola mais do que os outros, cometeu faltas, lançou, fez tudo que esse meio de
campo não tem sabido fazer. Inclusive o Diego, que está jogando um futebolzinho
de muitos dribles e poucos lançamentos.
Nossa
sorte é que temos o Conca para estrear e uma garotada pedindo passagem, pois do
contrário dava até para desaminar. O grande problema vai ser desfazer desse
“elefante branco” que está tornando o elenco do Flamengo. Há setores que tem
até sete jogadores disputando a mesma posição, é quase um time inteiro. Não
está acreditando? Então vai lá: Diego, Conca, Éderson, Mancuello,Adryan, Mateus
Sávio e Paquetá, todos disputam a camisa dez.
No ano
passado era assim: O Gabriel entrava como titular, mas aos onze ou no máximo
doze minutos do segundo tempo entrava o Cirino ou o Fernandinho, se um dos dois
jogasse mais ou menos, porque eu digo mais ou menos? Porque, nenhum dos dois
tem, ou tinha capacidade de jogar bem. Mas continuando, se acontecesse de um
deles entrar e melhorar a equipe, ai no outro jogo, aquele era o titular e o
Gabriel erao reserva e começava tudo de novo, aos onze minutos….É a tal da
mesmice!
Bom,
ontem o Flamengo só se classificaria com uma vitória. O empate era favorável ao
Vasco. Então empatando de zero ou perdendo de mil era a mesmíssima coisa e já
que o técnico, sabe-sepor que cargas d’água, não pode tirar o Marcio Araújo,
que tirasse um zagueiro, um lateral, mas pusesse o timepra frente, pra sufocar
o Vasco. Ainda que levasse um gol, mas pelo menos a torcida veria não só na
equipe, mas também no técnicoaquela vontade de ganhar que não temos visto
ultimamente.
Um
pastor tem que ter aquela carinha bondosa para dar confiança à suas ovelhas.
Mas técnico de futebol não necessita disso. Tem que exigir, gritar e se preciso
até xingar para que seus comandados saibam que ali tem um verdadeiro
comandante.
Esse
Ronaldo joga tanto ou mais do que os titulares. Se tivesse sido aproveitado ha
mais tempo, “talvez“ poderia ter evitado a caríssima contratação do Rômulo. Vai
saber! E para isso, é como disse o Galinho, não pode ter mais medo do
adversário do que vontade de ganhar.

COMENTÁRIOS: