6 Brasileiros podem garantir vaga antecipada nas oitavas da Liberta.

26
Foto: ESPN.com.br

ESPN: Dois
oito times brasileiros que estão na Copa Libertadores, seis têm chance de
assegurar vaga nas oitavas já na rodada deste meio de semana. Os únicos que não
conseguem são o Santos, independentemente do resultado, e a Chapecoense, que só
atua em 17 de maio.

O
primeiro que tem chance de conseguir é o Botafogo, que entra em campo nesta
terça-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, no
Rio de Janeiro.
Ao
decorrer da semana, Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo, Atlético-PR e Grêmio já
podem conseguir também carimbar o passaporte para a próxima fase da competição.
Confira
as contas para cada um:
Botafogo
Se
vencer o Barcelona e o Estudiantes-ARG perder para o Atlético Nacional-COL,
também nesta terça, o Botafogo garante a vaga na próxima fase, pelo menos no 2º
lugar.
Isto
porque o time do técnico Jair Ventura chegará aos 10 pontos e, em caso de
vitória colombiana sobre os argentinos, tanto Estudiantes quando Atlético só
conseguirão alcançar 9.
O
Barcelona, por sua vez, ainda teria chance de ultrapassar o Bota e fechar em 1º
lugar.
No
entanto, caso o clube carioca vença e o Estudiantes também ganhe ou ao menos
empate com o Nacional, o Bota ainda não assegura a ida às oitavas, já que ainda
pode ser ultrapassado tanto pelos argentinos quanto pelos equatorianos nas
rodadas finais.
E, se
empatar, o Bota também não garante vaga, independentemente dos outros placares.
Atlético-PR e Flamengo
Atlético-PR
estão no mesmo grupo, o 4, que já teve quatro rodadas disputadas, e podem
terminar a rodada de quarta-feira classificados para as oitavas de final.
Para
que isso aconteça, as contas são simples.
Primeiro,
o time curitibano precisa ganhar do San Lorenzo-ARG, na Arena da Baixada, às
21h (de Brasília), indo a 10 pontos. Pouco depois, às 21h45, o Fla tem que
bater a Universidad Católica-CHI, no Maracanã, indo a 9 pontos.
Com
isso, faltando uma rodada para fechar o grupo, nem argentinos e nem chilenos
conseguiriam alcançar mais os brasileiros.
Se
empatarem, nem Atlético e nem Flamengo asseguram a ida às oitavas.
Palmeiras
O
Palmeiras é um dos times com mais tranquilidade para garantir a classificação.
Se
bater o Jorge Wilstermann-BOL, nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), a equipe
comandada por Eduardo Baptista vai a 13 pontos e já assegura a vaga e o 1º
lugar do grupo 5.
A ida
às oitavas (e em 1º lugar) pode ocorrer mesmo com um empate com os bolivianos,
caso Peñarol-URU e Atlético Tucumán-ARG fiquei na igualdade na terça-feira, às
19h30.
E o
Verdão pode se classificar até mesmo com derrota para o Wilstermann, caso
Tucumán e Peñarol fiquem no empate. Se perder, porém, o 1º lugar palmeirense
não fica assegurado.
A
única combinação de pesadelo para o Palmeiras seria um revés em Cochabamba
somado de um triunfo dos argentinos sobre os uruguaios, o que deixaria a equipe
alviverde com chance de ser desclassificada na última rodada, se perder para o
Tucumán em São Paulo.
Atlético-MG
Apesar
de estar em 2º lugar do grupo 6, o Atlético-MG também pode carimbar o
passaporte para as oitavas nesta quarta, fora de casa, contra o Sport Boys-BOL,
às 19h30 (de Brasília).
Para
que isto ocorra, o “Galo” tem que vencer ou empatar com a equipe
boliviana, e em seguida torcer para o Godoy Cruz-ARG vencer o Libertad-PAR, na
quinta-feira.
Isso
faria com que o Atlético, que estaria com 10 ou 8 pontos, dependendo do
resultado contra o Sport Boys, não possa mais ser alcançado pelo time de
Assunção, que teria só 4.
Pensando
num possível 1º lugar, porém, o mais interessante para o time de Roger Machado
seria uma vitória sobre o Sport Boys e o empate entre Godoy Cruz e Libertad.
Com isso, os atleticanos dependeriam de uma vitória simples sobre os
argentinos, na última rodada, para roubar a liderança da chave.
Caso
“Galo” e Godoy Cruz vençam no meio da semana, todavia, o clube de
Belo Horizonte ainda tem chance de ficar em 1º, mas precisará vencer a equipe
de Mendoza e ainda tirar a diferença de saldo de gols na última rodada.
Grêmio
O
Grêmio é mais um que tem a faca e o queijo na mão para ir às oitavas.
Se
vencer o Deportes Iquique, nesta quarta, fora de casa, às 19h30 (de Brasília),
e o Guaraní-PAR perder ou empatar com o Zulia-VEN, a equipe comandada por
Renato Gaúcho já se classifica e garante de quebra a 1ª posição da chave.
Se o
Guaraní vencer, porém, o Grêmio ainda não garante a liderança.
Já se
empatar no Chile, o “Imortal” também se classifica, já que seguirá
com quatro pontos de diferença para o Iquique, com só mais uma rodada para
jogar. Contudo, uma igualdade na quarta ainda não assegura a passagem em 1º
lugar.

COMENTÁRIOS: