Com casa cheia, Flamengo busca classificação antecipada.

16
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: Chegou o dia da primeira decisão do Flamengo na Taça Libertadores. O
time enfrenta nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, a Universidad Católica
podendo garantir a sua classificação antecipada à próxima fase. A matemática é
simples. Com seis pontos e na segunda colocação do Grupo 4, o Rubro-negro
precisa vencer e torcer por um tropeço do San Lorenzo diante do Atlético-PR na
Arena da Baixada.

Para a
partida desta quarta-feira, o Flamengo não contará com os meio-campistas Diego
e Rômulo, machucados, mas terá o forte apoio de sua torcida. Todos os ingressos
colocados à venda (52 mil) foram vendidos.
— Será
uma verdadeira final, estamos tratando assim porque podemos sacramentar a nossa
classificação. Tenho certeza que vamos dar a vida, diante de 60, 70 mil
pessoas, para podermos comemorar a classificação — disse o lateral-direito
Pará.
Na
vaga de Rômulo, o técnico Zé Ricardo deve optar pelo argentino Mancuello. Foi o
argentino que substituiu o volante quando este torceu o joelho direito diante
do Fluminense, ainda no primeiro tempo da decisão do Campeonato Carioca.
Gabriel joga na vaga de Diego.
O
atacante Paolo Guerrero, que chegou a assustar a torcida do Flamengo ao sair
mancando do jogo contra o Flu, não será problema.

Guerrero está bem. O nome dele já fala por si só. Ele vai querer entrar em
campo, é peça fundamental. Com certeza vai fazer um dos gols para conseguirmos
a vitória — disse o confiante Pará.
Até o
momento, na Libertadores, o Flamengo venceu os dois jogos em casa. Nas duas
ocasiões, diante de San Lorenzo e Atlético-PR, o gramado do Maracanã foi
criticado. Para Pará, o momento é de superar as dificuldades.
— O
gramado tem deixado a desejar, mas temos que passar por cima de tudo —
finalizou o lateral.

COMENTÁRIOS: