Empresário queria colocar Cuca no Flamengo.

50
Técnico Cuca já comandou o Flamengo – Foto: Fernando Soutello/Agif/Gazeta Press

JORGE
NICOLA
: Menos de 24 horas depois de demitir Eduardo Baptista, o Palmeiras
confirmou de forma oficial a volta de Cuca ao comando da equipe. E a mudança
vai inflacionar a folha de pagamentos do Verdão em R$ 150 mil por mês – essa
será a diferença entre os salários do antigo e do novo treinador alviverde.

Eduardo
ganhava R$ 300 mil mensais, contra R$ 450 mil de Cuca. O atual campeão
brasileiro vai retornar ao Palestra Itália com os mesmos vencimentos da
temporada passada, porém com um contrato mais longo: são 19 meses, dez a mais
do que na primeira passagem.
É bem
verdade que o Palmeiras não bancará sozinho os salários de Cuca. A Crefisa, por
meio de Leila Pereira, já se disponibilizou a ajudar em parte dos pagamentos. A
quantia será definida nas próximas horas, após encontro entre o presidente
alviverde Maurício Galiotte e a dona da financeira, que agora também é
conselheira do clube.
Quando
decidiu voltar ao mercado de trabalho, dias atrás, Cuca pretendia ganhar bem
mais do que os R$ 450 mil fechados no Verdão. Um empresário que se dispôs a
levá-lo ao Flamengo chegou a ouvir que seriam necessários R$ 800 mil mensais
para tirá-lo de perto da família e da casa, em Curitiba.
Multa baixa
O
Palmeiras terá de desembolsar R$ 300 mil pela demissão de Eduardo Baptista. O
valor equivale a um mês de seu salário, conforme estabelecia uma das cláusulas
do contrato entre clube e técnico.
Não
são raros os casos no futebol brasileiro em que o treinador demitido embolsa os
salários até o fim do vínculo – o de Eduardo terminaria em dezembro deste ano.

COMENTÁRIOS: