Estreia do Brasileirão leva maior público dos últimos 5 anos.

13
Foto: Reprodução/Premiere

GLOBO
ESPORTE
: Além de registrar a segunda maior quantidade de gols na primeira
rodada desde 2006 e de ser a única edição sem vitória dos times visitantes na
estreia da competição na era dos pontos corridos, inciada em 2003, o Campeonato
Brasileiro de 2017 apresentou a melhor média de público pagante na estreia da
competição levando-se em conta as últimas cinco edições – 2012 a 2016.

Ao
todo, 168.599 torcedores pagaram ingresso nas 10 partidas, o que dá uma média
de 16.859 espectadores por jogo. Destaque para o empate por 1 a 1 entre
Flamengo e Atlético-MG, no Maracanã, assistido por 42.575 pessoas. Por sua vez,
só 2.830 pessoas pagaram ingresso para ver a goleada da Ponte Preta sobre o
Sport por 4 a 0, no Moisés Lucarelli. Em comparação com a temporada de 2012,
que teve a menor performance neste período, o aumento foi de 67%.
Até
então, o ano de 2013 tinha a melhor performance. Na ocasião, a rodada de
estreia registrou média de 16.475 pagantes, sendo que o duelo entre Santos e
Flamengo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, que marcou a despedida do
atacante Neymar do Peixe antes de se transferir para o Barcelona, registou o
maior público daquela temporada no futebol brasileiro – 63.501 espectadores
conferiram o empate por 0 a 0. Se levarmos em conta apenas estas duas edições a
diferença entre elas é de apenas 384 espectadores.
Na
sequência vem o Brasileiro de 2014, com média de 15.024 torcedores por partida.
Naquele ano, o maior público da primeira rodada ocorreu na vitória do São Paulo
sobre o Botafogo por 3 a 0, no Morumbi (31.564). Neste período, a menor média
de público aconteceu em 2012 (10.057), quando sete dos 10 jogos programados
registraram público inferior a nove mil pagantes.
Confira
as médias de público na rodada inicial da Série A desde 2012:
Brasileirão 2017 (média de 16.859
pagantes)
Flamengo
1 x 1 Atlético-MG – 42.575
Palmeiras
4 x 0 Vasco – 33.425
Corinthians
1 x 1 Chapecoense – 31.470
Grêmio
2 x 0 Botafogo – 18.551
Coritiba
4 x 1 Atlético-GO – 10.631
Fluminense
3 x 2 Santos – 9.880
Bahia
6 x 2 Atlético-PR – 8.127
Cruzeiro
1 x 0 São Paulo – 6.444
Avaí 0
x 0 Vitória – 4.666
Ponte
Preta 4 x 0 Sport – 2.830
Brasileirão 2016 (média de 12.240
pagantes)
Flamengo
1 x 0 Sport – 7.863
Palmeiras
4 x 0 Atlético-PR – 33.629
Atlético-MG
1 x 0 Santos – 4.889
Coritiba
1 x 0 Cruzeiro – 6.028
Botafogo
0 x 1 São Paulo – 3.660
Santa
Cruz 4 x 1 Vitória – 16.949
Corinthians
0 x 0 Grêmio – 31.533
Figueirense
0 x 0 Ponte Preta – 5.458
América-MG
0 x 1 Fluminense – 2.078
Internacional
0 x 0 Chapecoense – 10.314
Brasileirão 2015 (média de 11.605
pagantes)
Palmeiras
2 x 2 Atlético-MG – 28.781
Chapecoense
2 x 1 Coritiba – 5.688
Fluminense
1 x 0 Joinville – 19.185
Grêmio
3 x 3 Ponte Preta – 11.920
São
Paulo 2 x 1 Flamengo – 13.656
Cruzeiro
0 x 1 Corinthians – 8.975
Atlético-PR
3 x 0 Internacional – 10.499
Sport
4 x 1 Figueirense – 3.046
Vasco
0 x 0 Goiás – 6.628
Avaí 1
x 1 Santos – 7.677
Brasileirão 2014 (média de 15.024
pagantes)
Fluminense
3 x 0 Figueirense – 30.720
Internacional
1 x 0 Vitória – 21.983
Chapecoense
0 x 0 Coritiba – 6.944
São
Paulo 3 x 0 Botafogo – 31.564
Atlético-PR
1 x 0 Grêmio – 2.495
Atlético-MG
0 x 0 Corinthians – 8.724
Bahia
1 x 2 Cruzeiro – 9.348
Flamengo
0 x 0 Goiás – 19.012
Santos
1 x 1 Sport – 7.964
Criciúma
1 x 2 Palmeiras – 11.483
Brasileirão 2013 (média de 16.475
pagantes)
Vasco
1 x 0 Portuguesa – 8.229
Vitória
2 x 2 Internacional – 8.955
Corinthians
1 x 1 Botafogo – 29.295
Grêmio
2 x 0 Náutico – 9.560
Ponte
Preta 0 x 2 São Paulo – 6.267
Criciúma
3 x 1 Bahia – 10.355
Santos
0 x 0 Flamengo – 63.501
Fluminense
2 x 1 Atlético-PR – 2.386
Cruzeiro
5 x 0 Goiás – 12.018
Coritiba
2 x 1 Atlético-MG – 14.189
Brasileirão 2012 (média de 10.057
pagantes)
Palmeiras
1 x 1 Portuguesa – 8.939
Sport
1 x 1 Flamengo – 26.699
Figueirense
2 x 1 Náutico – 5.185
Botafogo
4 x 2 São Paulo – 4.836
Corinthians
0 x 1 Fluminense – 14.791
Internacional
2 x 0 Coritiba – 19.000
Ponte
Preta 0 x 1 Atlético-MG – 4.911
Vasco
2 x 1 Grêmio – 3.348
Cruzeiro
0 x 0 Atlético-GO – 3.952
Bahia
0 x 0 Santos – 8.908

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here