Fernando Prass, goleiro do Palmeiras, lamenta queda do Flamengo.

11
Foto: Juan Mabromata/AFP

ESTADÃO:
O Palmeiras jogou pela Copa do Brasil, venceu o Internacional por 1 a 0, mas
muito torcedor alviverde ficou de olho na rodada da Copa Libertadores e vibrou
com a eliminação do Flamengo, tido como um dos principais rivais do time na
competição. Mas para o goleiro Fernando Prass, a eliminação rubro-negra não foi
festejada, pelo contrário.

“Eu,
sinceramente, estava torcendo para todos os brasileiros passarem na
Libertadores, porque a estrutura e qualidade daqui é diferente. Mas
Libertadores é sempre complicado. Só para lembrar, fomos lá no Uruguai, tomamos
porrada e ainda fomos punidos. O nosso jurídico vai tentar reverter isso
aí”, afirmou o goleiro.
Prass
sabe que o Palmeiras só volta a campo pela Libertadores na próxima semana, para
tentar carimbar a vaga na Libertadores. Mas elogiou a atuação da equipe contra
o Inter e comemorou a vantagem no duelo.
“Na
nossa proposta de jogo, a gente ia sofrer um pouco, mas tínhamos jogadores de
velocidade na frente. Acho que o 1 a 0 é um grande resultado e precisamos
trabalhar para fazer gol em Porto Alegre”, disse.
Ele
lembrou que se o Palmeiras fizer um gol no confronto de volta contra o Inter, o
time gaúcho precisará fazer três gols para se classificar.
“Foi
bom não termos sofrido gol em casa”, comentou o goleiro, que fez uma
importante defesa no final da partida, em cabeçada de Rodrigo Dourado, e
garantiu a vitória do time.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here