Flamengo busca aumentar hegemonia no Campeonato Estadual.

18
Wagner Meier/Agif/Gazeta Press

ESPN: Flamengo
e Fluminense decidem a final do Campeonato Carioca neste domingo, às 16h (de
Brasília). Para os torcedores rubro-negros, a partida vale mais que uma taça –
ela pode significar a maior vantagem da história do clube em títulos do estado.

Desde
os primórdios do futebol no Rio de Janeiro, o maior campeão sempre o foi o
clube das Laranjeiras. Quando a equipe da Gávea faturou seu primeiro troféu, em
1914, os tricolores já tinham comemorado cinco taças.
A
vantagem teve até seis conquistas de diferença, como aconteceu no tricampeonato
do Fluminense em 1985. Porém, a supremacia que durou um século foi superada
pelo Flamengo.
O
primeiro Campeonato Carioca – vencido pelo Flu – ocorreu em 1906. Em 2007, 101
anos depois, começou a virada dos rubro-negros. Foi um tricampeonato que deu ao
clube de Zico a virada.
Após o
estadual de 2009, o placar de títulos marcava 31 a 30 para o Flamengo. De 1996
para cá, foram dez títulos contra apenas três do grande rival.
Atualmente,
o Fla tem 33 conquistas, contra 31 do Flu. Se confirmar a vantagem de 1 a 0 que
construiu no primeiro jogo da final desta temporada, terá pela primeira vez na
história três títulos de frente para a equipe tricolor.
Nesse
quesito, os outros dois grandes do estado ficam para trás: o Vasco tem 24,
enquanto o Botafogo soma 20 troféus.
Casa cheia
Todos
os 55.517 ingressos colocados à venda se esgotaram nesta sexta-feira. O
Maracanã estará lotado e o time tricolor precisa vencer por um gol de diferença
para forçar a disputa de pênaltis ou superar o rival por dois ou mais gols de
vantagem para dar a volta olímpica. O empate já serve para o time de Zé Ricardo
levantar o caneco.
Em
termos de escalação os dois treinadores tentam manter mistério, porém, manterão
a base do jogo do fim de semana passado. Além da partida inicial da final,
Flamengo e Fluminense se enfrentaram outras duas vezes esse ano. O Tricolor
ganhou a Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, nos pênaltis,
após empate por 3 a 3 no tempo regulamentar. Já no segundo turno, a Taça Rio,
empate por 1 a 1 em clássico jogado no Espírito Santo.

COMENTÁRIOS: