Flamengo discute adiantamento de R$ 10 milhões da Globo.

17
CT Ninho do Urubu – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

UOL: A
eliminação precoce do Flamengo na Copa Libertadores teve impacto na reunião do
Conselho de Administração realizada na noite da última quinta-feira (19). Os
integrantes do poder se encontraram na Gávea para votar o adiantamento de R$ 10
milhões do contrato com a Globo para 2018. Trata-se de uma espécie de
empréstimo previsto no orçamento de 2017.

De
acordo com o clube, a previsão é de R$ 60 milhões capitalizados desta forma
durante a temporada. O Flamengo utiliza a prática para fluxo de caixa. A
diretoria costuma separar ao menos R$ 5 milhões na conta para pagar a folha
salarial dos funcionários do mês seguinte.
Votações
deste tipo costumam passar por aclamação no Conselho de Administração. Mas não
foi assim que aconteceu. O vexame na Libertadores – com mais uma eliminação na
primeira fase – irritou um número considerável de conselheiros do clube.
Críticas foram feitas na reunião e também se questionou a necessidade real de
antecipação do montante, já que alguns integrantes não encontraram motivo para
a ação.
Foram
cinco votos contrários. Os conselheiros José Saba, Marcelo Antero, Gustavo
Fernandes, Lysias Itapicurú e Alan Flávio reprovaram a questão. Outros cerca de
20 presentes ao Coad deram o aval ao departamento financeiro da gestão Eduardo
Bandeira de Mello.
É fato
que depois de um longo período não houve consenso no Conselho de Administração
do Rubro-negro e a eliminação na Libertadores foi o cenário responsável por
isso. O clima não é dos mais leves e a insatisfação parece ter chegado aos
poderes do clube.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here