Flamengo quer seguir invicto contra argentinos no século.

9
Foto: Getty Images

FOX
SPORTS
: O duelo entre Flamengo e San Lorenzo nesta quarta-feira (17 de maio) será
o décimo dos cariocas contra equipes da Argentina neste século. Precisando de
pelo menos um empate para garantir a classificação para as oitavas de final da
Conmebol Libertadores Bridgestone, o Rubro-Negro quer manter a escrita de não
ter sido derrotado por um time ‘Hermano’ nesse período.

Desde
2001, foram nove partidas, com cinco vitórias e quatro empates. Apesar da
invencibilidade, o Flamengo perdeu um título internacional nesses confrontos
justamente para o San Lorenzo no Estádio Nuevo Gasometro, além de ter sofrido
uma dolorosa eliminação na Libertadores.
Confira
abaixo a lista dos confrontos:
Mercosul 2001
Um ano
depois de ser eliminado da Copa Mercosul nas quartas de final para o River
Plate, o Flamengo disputou seis partidas contra argentinos na edição de 2001 do
torneio. O time comandado por Dejan Petkovic venceu na primeira fase dois jogos
contra o San Lorenzo, e passou nas quartas pelo Independiente depois de um
empate na Argentina e uma goleada por 4 a 0 no Maracanã.
Na
final, no entanto, o clube carioca levou a pior na final justamente contra o
‘time do Papa’. Depois de empatar em 0 a 0, no Rio de Janeiro, e em 1 a 1, em
Buenos Aires, as equipes decidiram a melhor nas cobranças de pênalti e os donos
da casa levaram a melhor. Hoje reserva, o experiente zagueiro Juan estava no
elenco do Flamengo naquela disputa.
Libertadores 2012
Na
Libertadores em 2012, Flamengo e Lanús estavam no grupo 2 e a partida de volta
no Rio de Janeiro, vencida por 3 a 0 pelo rubro-negro, acabou ficando marcada
pela eliminação do clube carioca graças a virada do Emelec no outro jogo da
chave. Só que, mais uma vez na Argentina, o time carioca pontuou. Com gol de
Léo Moura, o então time de Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love conseguiu empatar em
1 a 1.
Libertadores 2017
Diego,
Trauco, Rômulo e Gabriel marcaram e o Flamengo goleou por 4 a 0 o rival desta
quarta (17) na estreia da atual Conmebol Libertadores Bridgestone. Apesar do
desfalque do seu camisa 10, a equipe de Zé Ricardo busca repetir a atuação.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here