Flamengo se apega à dupla quase imbatível para avançar.

19
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

FOX
SPORTS
: Quinta rodada de Conmebol Libertadores Bridgestone, mas com ar de
decisão no Maracanã. Nesta quarta-feira (3 de maio), o Flamengo recebe a
Universidad Católica, a partir das 21h30, com transmissão exclusiva do FOX
Sports na TV fechada, precisando de uma vitória para chutar para longe qualquer
possibilidade de vexame na fase de grupos. E a esperança para um resultado
positivo passa pelos pés de uma dupla de ataque quase que imbatível.

De
volta no último domingo (30 de abril), quando fez o único gol da vitória por 1
a 0 sobre o Fluminense, Everton é, ao lado de Guerrero, a referência ofensiva
do time de Zé Ricardo para o duelo contra os chilenos. E o entrosamento dos
dois é tão grande, que os números como mandante chamam atenção.
A
dupla não sabe o que é derrota com o Flamengo mandando os jogos seus domínios
desde o dia 18 de outubro de 2015. Na ocasião, derrota por 1 a 0 para o
Internacional, no Maracanã, pelo Brasileirão. De lá pra cá, são 17 partidas,
com 13 vitórias e quatro empates. O aproveitamento é de 84,3%.
Números individuais de Everton e Guerrero
também chamam atenção:
Com
apenas uma derrota na temporada, essa para a Universidad Católica, no Chile, o
aproveitamento da ‘formiguinha’, do Flamengo, sozinho, também é muito
favorável. Foram mais 12 jogos disputados, com dez vitórias e dois empates. Dos
39 pontos que ‘disputou’, Everton trouxe para dentro do Ninho do Urubu 32.
Percentual de 82%.
Artilheiro
do time na temporada, Guerrero também se destaca nos números individuais. São
10 gols marcados em 15 jogos até o momento. É o melhor início de temporada da
carreira do peruano, que deixou o campo contra o Fluminense com cãimbras, mas
não preocupa a comissão técnica.
Sem
Rômulo e Diego lesionados, além de Conca e Ederson, que ainda não voltaram aos
gramados, a missão de abastecer Guerrero ficará com o camisa 22. E a esperança
da torcida é que essa tabelinha continue funcionando e trazendo vitórias ao
time da Gávea, que pode se classificar às oitavas, desde que vença e o San
Lorenzo não ganhe do Atlético-PR.

COMENTÁRIOS: