Flamengo x Pinheiros fazem partida decisiva nesta sexta.

16
Staff Images/Flamengo

LNB: Chegou
a hora do primeiro dos três Jogos 5 que movimentarão as quartas de final do NBB
CAIXA 16/17 neste fim de semana. Na sexta-feira (05/05), Flamengo e EC
Pinheiros irão decidir seus futuros na temporada, às 19h30 (de Brasília), no
Tijuca Tênis Clube, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

O
início desta grande série foi dominado pelo rubro-negro carioca. No Jogo 1, os
comandados de José Neto foram à São Paulo (SP), e com uma atuação gigante no
último quarto, bateram os donos da casa, por 96 a 85. No segundo confronto,
desta vez no Rio de Janeiro (RJ), mais um embate equilibrado, em que o Flamengo
foi construindo vantagem quarto a quarto, para abrir 2 a 0 na série, com
vitória por 83 a 73.
Quando
muitos já não acreditavam mais, o Pinheiros se reergueu de forma incrível na
série. Dentro do Tijuca, os comandados de César Guidetti seguraram o ataque
rubro-negro e venceram o Jogo 3, por 90 a 79. Já ao lado de seu torcedor, a
equipe da capital paulista contou com a inspiração de Holloway e Bennett para
vencer, por 102 a 98, e levar o confronto para a quinta e decisiva partida.
“Desde
o início a entrega do time tem sido fundamental. A parte tática é importante, a
parte técnica também, mas nada é mais importante do que deixar tudo na quadra.
Se jogar nas bolas, brigar por cada rebote. Isso tem sido um mérito dessa
equipe”, declarou César Guidetti, técnico do Pinheiros.
Holloway
inclusive vem roubando a cena nestes playoffs, em especial nas quartas de
final, em que é o principal cestinha, com média de 22,75 pontos na série, com
um aproveitamento de 56,52%. Do outro lado, o atual MVP do NBB CAIXA,
Marquinhos, também faz grande série, com média de 21,75 pontos (segundo maior
na fase), também com um ótimo aproveitamento, 56,49%.
“Não
acho que a defesa é o principal defeito. Nós temos algumas coisas combinadas, o
Pinheiros está em um momento muito bom, principalmente nestes últimos dois
jogos. Estamos enfrentando uma grande equipe, não podemos alternar tanto entre
os quartos. Fazer um quarto muito bom e depois um muito ruim”, disse
Marquinhos, cestinha do Flamengo nestas quartas de final.
O
retrospecto dos dois times em Jogos 5 na história do NBB CAIXA é muito
parecido. Em oito partidas disputadas, o Flamengo tem seis vitórias e apenas
duas derrotas, enquanto o Pinheiros já fez sete confrontos decisivos, com cinco
resultados positivos e os mesmos dois negativos que o rival.
“Agora
é Jogo 5 e é dentro de casa. Nossa torcida vai estar lá, vai empurrar e com
certeza vai ser diferente. Jogar no Flamengo é pressão e todo mundo que joga
nesse time está acostumado com isso. A gente vai treinar com tudo, analisar o
que estamos fazendo certo para manter e o que temos que melhorar para ganhar
esta partida”, acrescentou o ala rubro-negro.
A
equipe da capital paulista inclusive já venceu um Jogo 5 nestes playoffs. Nas
oitavas de final, os comandados de César Guidetti bateram o Vasco da Gama, por
93 a 82, com uma atuação histórica de Holloway, dono do novo recorde de pontos
no NBB CAIXA em uma quinta partida, com 36 anotados, além de quatro
assistências.
Os
pinheirenses também são responsáveis por três das únicas quatro viradas de 2 a
0 para 3 a 2 na história do NBB CAIXA: Na quartas de final da temporada 11/12,
contra o Joinville; nas oitavas da 12/13, diante do Limeira; e na edição
passada, novamente nas oitavas, contra o Minas Tênis Clube.
“Desde
que a série estava 2 a 0 a gente nunca falou em virada. Falamos primeiramente
em vencer o Jogo 3 no Rio de Janeiro para levar a série de volta para casa.
Quando conseguimos, focamos novamente para conseguir mais uma vitória. É jogo a
jogo, com esta dedicação apresentada pelos jogadores para voltar para o Rio e
tentar vencer. É difícil, mas nós já provamos que somos capazes e vamos tentar
buscar”, completou o comandante da equipe paulista.
Independente
dos resultados das outras duas séries que terão Jogo 5, entre Mogi das
Cruzes/Helbor e Universo Vitória e Franca Basquete/Magazine Luiza e
Paulistano/Corpore, Flamengo e Pinheiros já sabem quem terão que enfrentar na
semifinal. Será o Gocil/Bauru Basket, algoz do time paulista no último NBB
CAIXA e rival derrotado pelo rubro-negro nas duas últimas Finais, que já
eliminou o UniCEUB/BRBCARD/Brasília nestas quartas, por 3 a 1.

COMENTÁRIOS: