Jornal relata pesadelo de Petkovic no Real e sucesso no Flamengo.

27
Foto: Reprodução / MARCA

ESPN: Em
coluna do jornalista Carlos Forjanes desta quarta-feira, o periódico espanhol
Marca contou como o ex-meia sérvio Petkovic foi de “pesadelo” no Real
Madrid a ídolo no Brasil.

O
texto relata que o ex-atleta foi contratado pelo time da Espanha em 1995, após
boa passagem pelo Estrela Vermelha, de seu país, onde foi capitão. Ainda com 23
anos, acabou permanecendo apenas três meses em Madri, disputando só cinco jogos.
Acabou
emprestado para o Sevilla, que não vivia boa fase, à beira da segunda divisão.
Quando voltou, acabou não agradando ao técnico italiano Fábio Capello, que o
detonou em uma entrevista. Ainda arrumou confusão em jogo contra a Sampdoria.
Ainda
passou pelo Racing Santander por empréstimo antes de terminar a decepcionante
passagem pelo país espanhol. Segundo o As, Petkovic era o “pesadelo”
do ex-presidente Lorenzo Sanz, que o contratou.
Em
1997, foi emprestado ao Vitória da Bahia, onde atuou ao lado de Bebeto. Voltou
à Europa, fracassou no Venezia e veio ao Flamengo. Aí, começou a idolatria.
O As
conta que Petkovic virou um mito por conta das cobranças de falta e belos gols.
Ganhou canções da torcida, vestiu a camisa 10 de Zico e ganhou dois Campeonatos
Brasileiros. Ainda percorreu o país de ponta a ponta, passando, por exemplo,
por Vasco, Fluminense, Santos e Atlético-MG.
A
postagem encerra contando que Petkovic veio ao Brasil encerrar a carreira,
tirar diploma de técnico, colocar seus pés na Calçada da Fama do Maracanã e
virar cônsul honorário da Sérvia no Brasil. Além disso, virou diretor de
futebol do Vitória.

COMENTÁRIOS: