Márcio Araújo já convence a torcida do Flamengo.

35
Márcio Araújo em Flamengo x Fluminense – Foto: Nelson Perez

ESPN: Em
entrevista aos canais ESPN, na última segunda-feira, Márcio Araújo disse que as
críticas de torcedores são “ossos do ofício”. O volante comemorava o
título do Campeonato Carioca, já com os questionamentos superados: hoje, além
do técnico Zé Ricardo, ele agrada também as arquibancadas.

A
mudança da percepção em relação a Márcio Araújo vai além do folclore. Se o fã
rubro-negro teve dificuldade em entender a insistência do treinador com o
atleta, hoje os números ajudam a entender a importância do volante – não apenas
na marcação e desarmes, mas também com a bola no pé.
Na
Copa Libertadores, por exemplo, prioridade do clube para a temporada, Márcio
Araújo só não foi titular na estreia, contra o San Lorenzo-ARG, e é o jogador
de linha que menos perde bolas dominadas (0,4 por partida). O volante é também
o titular com o melhor aproveitamento nos passes (96,8%).
Já na
campanha do título carioca, em 10 jogos (nove como titular), o meio-campista
teve a maior média de passes do time (48 por partida, com 96% de
aproveitamento) e foi o terceiro jogador rubro-negro que mais teve a bola no
pé, em média 1min26s, atrás apenas do zagueiro Rafael Vaz e do meia Diego.
“Claro
que é sempre bom ser lembrado, ser elogiado, mas o que vale mesmo é a gente
saber da nossa importância”, disse o volante na última segunda, garantindo
que não foram as críticas que o moveram.
“Visto
uma camisa que tem milhões de torcedores, faz parte da nossa caminhada, da
nossa carreira. Se a gente não estiver preparado para viver e para suportar
isso, não vale a pena ser atleta, não vale a pena ser um jogador de um grande
clube. Poderia largar tudo e voltar para São Luís”, completou ele.
Em
2017, com a chegada de Rômulo, a expectativa era de que Márcio Araújo perdesse
espaço na equipe. Dos 25 jogos oficiais do Flamengo até aqui na temporada, no
entanto, o volante participou de 18, sendo 15 como titular – incluindo todos da
fase decisiva do Carioca e cinco da Libertadores.
Quando
questionado sobre o assunto, Zé Ricardo ainda definiu o meio-campista como
“um dos jogadores mais importantes” do Flamengo em 2016 e exaltou sua
regularidade. Nesta quarta, inclusive, mesmo com titulares poupado, Márcio
Araújo jogar contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil.
O
Flamengo estreia no torneio mata-mata nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de
Brasília), no Maracanã, contra o Atlético-GO, na partida de ida do duelo que é
válido pelas oitavas de final.

COMENTÁRIOS: