O Globo também elege Guerrero o melhor de Flamengo x Católica.

10
Foto: Alexandre Cassiano

O
GLOBO
: Muralha: Tenso. Não teve
muito trabalho, mas não passou segurança. Sem culpa no gol. Nota 6.

Pará: Presente. O jogo se
desenvolveu muito pelo seu lado no primeiro tempo. No segundo, com a entrada de
Rodinei, ficou mais preso à defesa. Nota 6,5.
Réver: Vacilo. Deixou o
pesadão Santiago Silva se antecipar no lance do gol da Universidade Católica.
Rebateu bolas para todos os lados. Nota 4.
Rafael Vaz: Sério.
Sem se meter a zagueiro técnico, defendeu como pôde, com muita vontade. Nota
5,5.
Trauco: Raça. Não participou tanto das ações
ofensivas até marcar seu gol, de perna direita, por pura persistência. Nota
7,5.
Márcio Araújo: Alerta.
Sempre ligado nas jogadas, foi importante no desarme. Tentou levar o time à
frente, sem muita técnica. Nota 7,5.
Willian Arão:
Dinâmico. Apareceu bem no apoio, abrindo pelas pontas, e chutou a gol. Nota
6,5.
Mancuello: Ineficaz.
Apresentou-se para o jogo, mas não participou de lances de muito perigo. Nota
5.
Rodinei: Predestinado.
Improvisado no ataque, o lateral acertou um lindo chute de canhota para marcar
o primeiro gol e incomodou constantemente a defesa chilena. Nota 7.
Gabriel: Inócuo. Correu muito
no primeiro tempo, sem grande perigo. Desapareceu totalmente na segunda etapa.
Nota 5.
Renê: Bola pro mato. Entrou
para defender e deu chutões e carrinhos, sem o menor constrangimento. Nota 6.
Guerrero: Guerreiro.
No primeiro tempo, chutou a gol sete vezes nos 30 minutos iniciais. Não parou
de tentar até marcar seu gol, o segundo do time, na raça. Nota 8.
Éverton: Tático. Não parecia
estar na melhor forma. Melhorou no segundo tempo, quando apareceram mais
espaços. Cansou-se. Nota 6,5.
Cuéllar: Breve. Jogou cinco
minutos. Sem nota.
Zé Ricardo:
Professor. Encheu o time de laterais e conseguiu uma boa vitória, contra um
adversário difícil. Nota 7.
UNIVERSIDAD CATÓLICA
Organizado.
O time chileno se defendeu bem e foi perigoso no ataque.
ARBITRAGEM
Perfeito.
O peruano Victor Carrillo acertou praticamente tudo o que marcou.

COMENTÁRIOS: