Relembre craques que já disputaram a segunda divisão do Carioca.

24
GLOBO
ESPORTE
: Romário, Edmundo, Zinho, Dodô, Túlio Maravilha, Viola… A lista é
grande. E a credencial de cada um dispensa apresentações. Afinal, cada um deles
marcou história no futebol brasileiro. Mas, em um realidade totalmente
diferente, têm algo em comum: já disputaram a Segundona do Rio de Janeiro, que
tem mais uma edição prevista para começar neste sábado, com times tradicionais
como America, Olaria, Goytacaz e Americano.
Teve
até mesmo a participação do Doutor Sócrates como treinador. Personagens
curiosos, como Maciel, que foi campeão mundial com o Porto, e Isaías, segundo
maior artilheiro brasileiro do Benfica-POR, também figuraram na competição. Sem
falar em nomes como Caça-Rato e Clodoaldo, duas figuras muito conhecidas no
cenário nacional.
Abaixo,
o GloboEsporte.com reuniu uma lista com alguns nomes famosos que atuaram na
competição, que este ano se chamará Série B1 do Campeonato Carioca. Confira.

Foto: Divulgação
Romário (America)
Campeão
mundial com a Seleção em 1994, o Baixinho é uma das estrelas que jogaram a
competição. Ele atuou pelo America em 2009 e ajudou o Rubro e retornar à elite
do Rio em homenagem ao pai, Edevair, torcedor fanático do Mecão.
Zinho (Nova Iguaçu)
Com um
currículo marcado por conquistas por grandes clubes, como Flamengo e Palmeiras,
além de ter sido tetracampeão mundial com a seleção brasileira em 1994, Zinho
defendeu o Nova Iguaçu, time de sua cidade natal, já no fim da carreira, em
2005. Na Laranja da Baixada foi companheiro de equipe do atacante Edmundo e fez
parte da direção da equipe.
Edmundo (Nova Iguaçu)
Marcado
por defender os grandes do Rio, depois de passar um período turbulento na
carreira, o Animal, como é conhecido, deixou o Flu em 2004 em baixa e aceitou o
convite do meia Zinho para defender o Nova Iguaçu no ano seguinte. A passagem
por lá durou pouco, pois na sequência seguiu para o Figueirense. Mas, ao lado
de Zinho, o atacante usou a Laranja da Baixada para dar início a uma nova
ascensão da carreira.
Dodô (Barra da Tijuca)
O
“Artilheiro dos Gols Bonitos”, que fez sucesso no São Paulo, Botafogo
e Fluminense, também balançou as redes adversárias jogando pelo Barra da
Tijuca, em 2013, clube pelo qual encerrou a carreira.
Ramon (Cabofriense)
O
talentoso meia, que rodou por várias equipes do Brasil, como Cruzeiro, Vasco,
Atlético-MG e Fluminense, também fez parte do elenco da Cabofriense na Segunda
Divisão do Rio, em 2013, quando já estava com 40 anos de idade.
Viola (Angra dos Reis)
O centroavante
que marcou época no Corinthians, Palmeiras e seleção brasileira, chegou a ser
tetracampeão mundial em 1994. Em 2008, o goleador disputou a Série B do Carioca
pelo pouco tradicional Angra dos Reis.
Túlio Maravilha (Bonsucesso)
O
folclórico atacante, que já rodou por inúmeras equipes do futebol brasileiro,
também passou pela Segunda Divisão Carioca. Foi em 2011, ano em que Túlio
Maravilha defendeu as cores do Bonsucesso.
Sócrates (Cabofriense)
O
craque Sócrates, um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, faleceu em 2011.
Em 2000, o Doutor assumiu o comando técnico da Cabofriense para a disputa de
uma seletiva da Série B do Campeonato Carioca, que daria vaga na elite.
PERSONAGENS CURIOSOS:
Flávio Caça-Rato (Duque de Caxias)
O
folclórico atacante, conhecido como “CR7 brasileiro”, estava no Duque
de Caxias no ano passado e formou dupla com Rhaudeman, primo do craque Neymar.
Apesar de ter sido contratado como um reforço de peso para a equipe, disputou
apenas oito partidas e não marcou gols.
Clodoaldo (Goytacaz)
O
experiente atacante, que marcou época no futebol nordestino, principalmente no
Fortaleza, também jogou a Série B do Carioca. Foi em 2013, ano em que Clodoaldo
“Matador” defendeu o Goytacaz e deixou saudade na torcida do Time da
Rua do Gás.
Schwenck (Nova Iguaçu)
Rodado
por vários times do futebol brasileiro, como Botafogo, Cruzeiro e Figueirense,
Schwenck disputou a Série B do ano passado pelo Nova Iguaçu, clube pelo qual
foi revelado nos anos 90. Além de liderar a equipe no título da competição,
terminou como artilheiro da Segundona com 11 gols.
Somália (America-RJ)
O
atacante que fez história com a camisa do São Caetano e também atuou por clubes
como Fluminense, Feyenoord-HOL e Grêmio, foi campeão da Segundona do Rio pelo
America em 2015. Pelo Mecão, foram 21 jogos realizados e cinco gols marcados.
Jean (São Gonçalo e America-RJ)
O
atacante, que atuou pelos rivais Flamengo e Vasco, foi campeão da Série B do
Rio pelo America em 2015. Neste ano, o experiente jogador também vai participar
da competição, desta vez, pelo São Gonçalo.
Tuta (Barra da Tijuca)
O
experiente centroavante, que rodou por várias equipes do futebol brasileiro,
com destaque para Fluminense, Grêmio, Flamengo e Palmeiras, jogou a Segunda
Divisão do Campeonato Carioca em 2013 pelo Barra da Tijuca.
Maciel (Angra dos Reis)
O
atacante foi campeão da Liga dos Campeões e Mundial pelo Porto de José
Mourinho, em 2004, e vice-campeão da Libertadores, em 2005, pelo Atlético-PR.
Mesmo com o grande currículo, Maciel foi mais um a disputar a Série B do
estadual pelo Angra do Reis, em 2009.
Isaías (Cabofriense)
Segundo
maior artilheiro brasileiro da história do Benfica-POR, com 71 gols marcados em
178 partidas, Isaías, que havia defendido a Cabofriense no início de sua
carreira, nos anos 80, retornou ao Tricolor Praiano em 2000 para disputar a
Série B do Rio.

COMENTÁRIOS: