Tabet nega negligência e prega “cabeça erguida” ao Flamengo.

10
Rodrigo Caetano e Antonio Tabet – Foto: Gilvan de Souza /Flamengo

Alguns
rápidos recados aos amigos que acompanham meu perfil pessoal no Twitter por
conta do Flamengo. Segue…

Sou
rubro-negro e estou tão triste como vocês pela eliminação precoce na
Libertadores. Não sou mais nem menos torcedor pelo cargo no clube. A
diferença é que não posso desabafar ou comemorar como torcedor por conta do
cargo. É uma responsabilidade e um orgulho. Nunca negligência. É um
aprendizado diário e os resultados da Comunicação do clube provam que há muito
mais acertos que erros.
Em
pouco mais de um ano, chegamos a ser o 3º clube com maior índice de crescimento
na internet mundial, deixando gigantes europeus pra trás. E até o fim deste
mandato, os indicadores apontam que cumpriremos a meta como clube brasileiro
com mais seguidores em todas as redes.
Apesar
do Flamengo ser guiado sobretudo pelo Futebol, outras áreas do clube não podem
parar por um resultado que gera tristeza e revolta.
Como
disse, a sugestão de alteração do CRF não fere o estatuto e é BASTANTE
DIFERENTE da versão FALSA (e HORRENDA) divulgada hoje no Twitter. E tampouco é
“cortina de fumaça”, como alguns especularam. É trabalho de muitos
meses que demandou o maior capricho da Comunicação até hoje. Adoraria
apresentar essa ideia, fruto do trabalho de profissionais rubro-negros
conceituados e respeitados no mercado, em outro momento.
Mas,
como disse antes, não podemos esmorecer. Muito pelo contrário. Seguir em
frente, lutando de cabeça erguida, sempre foi algo que gostamos de ver em
campo. Por isso, temos de atuar assim fora dele também.
“Acima
de tudo rubro-negro / Amor maior não tem igual! / Eu juro que no pior momento /
Vou te apoiar até o final” – é o que faço.
Por
fim, fica o canal aberto para todos aqueles que queiram trocar ideias com
cordialidade.
Abraços
e SRN
Antonio
Tabet

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here