“Tem que ter colhão para jogar no Flamengo”, desabafa Guerrero.

37
Guerrero, do FLamengo, levando premiação na FERJ – Foto: Rudy Trindade/FramePhoto/Gazeta Press

GOAL: Paolo
Guerrero vive a sua melhor fase no Flamengo, desde que chegou ao clube em
2015. O peruano assumiu de vez o papel de liderança tanto fora quanto dentro dos
gramados, fez um dos gols na finalíssima estadual contra o Fluminense e, nesta
segunda-feira (08), foi eleito melhor jogador do Campeonato Carioca em
premiação promovida pela FERJ.

Ao
falar da premiação individual, o camisa 9 falou grosso:
“Me
sinto privilegiado por ser escolhido o craque do campeonato. Na verdade, eu
agradeço aos meus companheiros. Se não fosse por eles, eu não ganharia. Eles me
fizeram chegar até aqui, mas para mim o mais importante foi ter conquistado o
título”.
“Qualquer
um quer jogar no Flamengo. Como se diz, tem quer colhão para jogar no Flamengo.
Todos os meus companheiros são privilegiados para jogar em um grande clube”,
afirmou o peruano.

COMENTÁRIOS: