Veja como Mattheus virou desejo de Benfica e Sporting.

13
Foto: Getty Images

ESPN: Com
multa de 60 milhões de euros (mais de R$ 200 milhões), o meia Mattheus Oliveira
fechou com o Sporting-POR nesta segunda-feira.

O
filho do tetracampeão mundial Bebeto tinha o seu futuro em aberto em meio à
briga de gigantes portugueses por seu futebol que incluía ainda o Benfica. Com
29 jogos como titular na campanha do Estoril Praia, o jovem jogador de 22 anos
deixa para trás a falta de chances no Flamengo, seu primeiro clube, e repete o
caminho de outros compatriotas no time mantido pela Traffic.
O
fundo de investimentos brasileiro deu o ‘empurrão’ na volta por cima de outros
nomes.
Entre
eles, Léo Bonatini e Sebá, ambos ex-Cruzeiro, Bruno César, ex-Corinthians, e
Evandro, ex-Atlético-MG.
Mattheus
é apenas mais um nessa lista.
Para
isso, foi emprestado por duas vezes ao Estoril até ver o seu contrato com o Fla
se encerrar e assinar em definitivo com os portugueses.
Penou
um pouco no início com as dificuldades de adaptação, ressaltadas em relatório
no início da temporada, mas, enfim, se encontrou como segundo volante.
“De
um treinador para o outro, há muitas mudanças. Nós tivemos um exemplo muito
interessante neste ano, um jogador que, inclusive, está sendo vendido para o
Sporting, de Portugal, que é o filho do Bebeto, Mattheus. Quando nós avaliamos
ele no início da temporada, fizemos algumas ressalvas no que tange a parte de
transição defensiva, duelos e principalmente recomposição”, explicou o
Head Scout do Estoril no Brasil, Lucas Góes, no evento Conafut, 1ª Conferência
Nacional de Futebol, em São Paulo.
“Ele
é um atleta de primor técnico muito bom, tem aplicações de força e velocidade
razoáveis, mas de componentes defensivos que tinha dificuldades”,
completou.
Somente
em 2016/17, ele adotou a nova posição, mais recuado, fez dois gols e foi
negociado por 1 milhão de euros (R$ 3,4 milhões).
“Com
o treinador que ele encontrou primeiro, a gente teve dificuldade na
continuidade de desenvolvimento. Ele pegou outro (técnico) no meio do caminho
que conseguiu com muita briga, talvez o que ele mais odiou, evoluir bastante
nesse aspecto. Depois, pegou um terceiro que descobriu a posição ideal dele,
que não era a que ele vinha jogando. Ou seja, foi um conjunto de fatores.
Dentro de todo esse tempo, houve um nível de reflexão muito alto, scout, a
ficha que foi entregue com ressalvas e o que precisava”, disse Góes.
Mattheus
assinou contrato de cinco anos com o Sporting-POR.
Revelado
pelo Flamengo e com passagem pelas seleções de base, ele atuou apenas 20 vezes
pelo rubro-negro carioca.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here