Venda de Vinicius Júnior equivaleria 32% da receita do Flamengo.

176
Vinicius Júnior vestindo a camisa número 20 do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: Não
é só para os padrões brasileiros que os 45 milhões de euros (R$ 153 milhões
pelo câmbio atual) que o Real Madrid deve pagar para tirar o atacante Vinicius
Júnior, de apenas 16 anos, do Flamengo é uma montanha de dinheiro.

Caso o
negócio seja concretizado, e tudo indica que isso vai acontecer, o flamenguista
se tornará não só o menor de idade mais caro da história do futebol mundial,
mas também o jogador com menos de 19 anos que mais custou em todos os tempos.
Hoje,
esse recorde pertence ao lateral esquerdo Luke Shaw, que pouco antes de
completar 19 anos foi comprado pelo Manchester United por 37,5 milhões de euros
(R$ 127,7 milhões). Contando também quem tem 19 anos, Vinicius será o segundo
mais valioso de todos os tempos, só perdendo para outra contratação do United,
que pagou 60 milhões de euros por Anthony Martial quando ele tinha 19.
E o
que esse dinheiro significa para Flamengo e Real Madrid?
Os R$
153 milhões da eventual venda de sua maior joia dos últimos anos equivalem a
32% de todas as receitas obtidas pelo Flamengo no ano passado. O dinheiro
também seria suficiente para pagar 26% da dívida do clube carioca em dezembro
passado (R$ 578 milhões).
Para o
Real Madrid, um dos clubes mais ricos do planeta, gastar 45 milhões de euros
por uma promessa também tem seu peso nas finanças do clube.
Segundo
levantamento da consultoria Deloitte, o clube espanhol faturou 625 milhões de
euros na temporada passada. Assim, o custo da compra de Vinicius, sem contar
salários, seria equivalente a 7% das receitas do clube e nada menos do que 35%
do que o Real consegue com venda de ingressos e produtos no seu estádio em dia
de jogos.

COMENTÁRIOS: